Monthly Archives: Março 2019

Museu da Imprensa apresenta
M. A. Pina na Biblioteca da Guarda
MAP_ALuzDasPalavras_Guarda2019

 

 

Abre no dia 28 de março, na Biblioteca Municipal da Guarda, uma exposição documental sobre a vida e obra de Manuel António Pina, organizada pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI). “A Luz das Palavras”, assim se denomina a mostra, retoma uma iniciativa apresentada naquele museu, em 2012, pouco depois da morte do jornalista e escritor.

A exposição insere-se na programação da Biblioteca, que dedica os meses de março e abril a Manuel António Pina, através da organização de diversos eventos.

Com a curadoria de Luiz Humberto Marcos,  a exposição destaca três vertentes do autor, natural do distrito da Guarda: Jornalismo, Poesia e Literatura Infantil.

Para cada um destes campos, há documentação variada, livros, cartazes e diversos recortes de imprensa, designadamente as últimas crónicas editadas pelo Jornal de Notícias, em agosto de 2012.

Contextualizando o facto de a mostra estar patente na Biblioteca que tem o nome de Eduardo Lourenço, registe-se que é apresentado um texto deste filósofo e ensaísta sobre Manuel António Pina, que não constava da exposição inicial.

A mostra resulta de uma iniciativa da Biblioteca e ficará patente até 18 de maio, na Sala Tempo e Poesia, integrando-se na política de descentralização cultural praticado pelo MNI desde a sua abertura (1997).

Limpar o Planeta
Campo Maior recebe
humor do PortoCartoon

XXPC_GrandePremio_Croacia_NikolaListes

Mais de uma centena de cartoons integram a exposição “Limpar o Planeta” que abre no dia 28 de março, em Campo Maior, numa iniciativa do Centro de Ciência do Café e do Museu Nacional da Imprensa.

A exposição baseia-se na edição de 2018 do PortoCartoon e apresenta os melhores trabalhos deste festival de desenho humorístico que levou centenas de cartunistas, de 80 países, a refletirem sobre a necessidade de se lutar contra a poluição que está a ‘matar’ o planeta terra.

Na mostra poderão ver-se muitos dos trabalhos selecionados pelo Júri Internacional do PortoCartoon-World Festival, entre os quais o Grande Prémio atribuído ao artista croata Nikola Listes, o Segundo de Agim Sulag (Itália) e os Terceiros Prémios ex-aequo, de Cau Gomez (Brasil) e Mahboobeh Pakdel, do Irão.

A exposição, com a curadoria do diretor do Museu, Luiz Humberto Marcos, pode ser visitada no Centro de Ciência do Café até 28 de maio.

XXPC_3oPremioExAequo_Brasil_CauGomez_TL

Paredes de Coura e Viana do Castelo
recebem PortoCartoon
Grande Prémio: Luc Vernimmen, Bélgica

 

 

Mais de 50 cartoons integram a exposição “Turismo”, que abre no dia 21 de março, em Paredes de Coura e em Viana do Castelo, numa iniciativa do Museu Nacional da Imprensa/Blisq Creative.

A mostra estará patente simultaneamente nas Galeria Noroeste | Coura e Galeria Noroeste (Viana do Castelo) e integra-se no processo de descentralização cultural praticado pelo MNI desde a sua abertura (1997).

Os desenhos da exposição foram selecionados do PortoCartoon-World Festival dedicado ao tema do Turismo. São os que mereceram as preferências do júri internacional, designadamente os premiados.

O PortoCartoon é considerado um dos principais certames de humor a nível mundial e tem procurado, desde 1999, lançar temas de relevo na sociedade, que impliquem reflexão e intervenção.

As duas mostras desta temática são promovidas pela Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Noroeste, CRL/Agência CA Paredes de Coura, a Fundação Caixa Agrícola do Noroeste e a Câmara Municipal de Paredes de Coura e poderão ser vistas até 19 de abril, em Paredes de Coura, e até 3 de maio, em Viana do Castelo.

CID (1941 – 2019) deixa obra imensa
MNI_2004_AugustoCid_OCavaleiroDoCartoon_Capa

Augusto Cid (falecido a 14.03.2019) deixa uma obra imensa com milhares de desenhos marcados por um traço singular, ora amável, ora impiedoso e cruel.

Desde os primeiros desenhos n’ A Parada da Paródia, nunca mais parou durante 60 anos, deixando a sua marca em dezenas de publicações.

A interpretação e o estudo da vida politica portuguesa dos últimos 45 anos não dispensa o seu olhar mordaz e incisivo.

Cid participou várias vezes no PortoCartoon, conquistou o Grande Prémio em 2008, sobre Direitos Humanos, e foi escolhido para uma exposição antológica a que demos o título de “CID, o Cavaleiro do Cartoon”, em 2004. Contra as misérias e as grandezas do poder, o seu lápis esteve sempre muito afiado.

XPortoCartoon_GrandePremio_AugustoCid_AChamaOlimpica

O Museu Nacional da Imprensa assinala a importância do seu trabalho para a história do humor em Portugal e expressa os sentimentos de pesar a toda a família.

A Direção

Artista belga vence Grande Prémio
PortoCartoon 2019
Caricaturas de Bob Dylan e Fernão
Magalhães para Brasil e Portugal

O artista belga Luc Descheemaeker conquistou o Grande Prémio do 21º PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa e subordinado ao tema LÍNGUAS E  MUNDO.A obra vencedora intitula-se “Money Language” e representa Trump, com uma língua de dólares.

XXIPC_GrandePremio_Belgica_LDescheemaeker

O Segundo Prémio foi atribuído a Mojmir Mihatov, da Croácia.

XXIPC_3oPremio_Espanha_DVela

O Terceiro Prémio foi atribuído a David Vela, de Espanha.

XXIPC_2oPremio_Croacia_MMihatov

A qualidade dos trabalhos, levou o júri internacional a atribuir ainda 20 Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Cuba, Indonésia, Irão, Portugal, Roménia, Rússia e Turquia.

Em apreciação estiveram cerca de 2700 obras, de mais de 620 artistas, oriundos de 73 países distintos, de todos os continentes. Estes números assinalam um recorde nunca registado nas edições anteriores, em termos de artistas e obras.

Dylan e Magalhães dão prémios a Brasil e Portugal

A edição deste ano contemplou dois Prémios Especiais de Caricatura centrados nas figuras de Fernão de Magalhães, evocando os 500 anos da viagem de circum-navegação e Bob Dylan, músico e prémio nobel da Literatura.

luis fernandes_bob dylan_1premio

Os vencedores foram, respetivamente, Pedro Ribeiro Ferreira (Portugal) e Luiz Carlos Fernandes, do Brasil.

pedro ferreira Fernão Magalhães_1premio

Irão, Turquia, Brasil e China foram os países com maior participação.

Esta 21º edição o PortoCartoon volta a reforçar o lugar deste certame no pódio dos concursos  internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o ‘Capital do Cartoon’, proclamada em 2008.

O Júri internacional do 21º PortoCartoon teve como Presidente Honorário Georges Wolinski – cartunista do Charlie Hebdo assassinado em 2015, em Paris, e que durante uma década tinha sido presidente do Júri. Integraram o Júri 2019: Peter Nieuwendjik (presidente da FECO), Maria Milano (designer italiana), Roberto Merino (encenador), Xaquín Marín (fundador do Museo de Humor de Fene, Espanha), António Ponte (representante da Missão Magalhães/Ministério da Cultura) e Luiz Humberto Marcos (diretor do Museu Nacional da Imprensa).

Os vencedores do 21º PortoCartoon receberão os troféus (desenhados por Siza Vieira) e os Prémios durante a cerimónia de abertura da exposição, que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa e noutros locais do Grande Porto, em junho, como tem sido habitual.

Museu da Imprensa lança
concurso de slogans sobre amor
MNI_ConcursoDeSlogansDeAmor_CartazA4 Foi apresentado no dia 26 de fevereiro pelo Museu Nacional da Imprensa,  na presença da ministra da Cultura, um novo concurso destinado à criação de slogans sobre o amor.

A iniciativa, bem acolhida pela ministra, decorreu no âmbito da visita ministerial à exposição “Amor Impresso-350 anos das cartas de Mariana Alcoforado”.

As recentes estatísticas sobre os casos de ‘violência no namoro’ constituem uma antecâmara do flagelo da violência doméstica que publicamente tem crescido em Portugal.

A oportunidade da celebração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos reforça a pertinência de uma campanha de slogans sobre o assunto.

O concurso tem como objetivos gerais promover a reflexão sobre o tema Amor vs Violência (no namoro), estimular a capacidade criativa dos jovens, motivar os jovens para a participação cívica num tema que a todos diz respeito, congregar um conjunto de boas ideias para futuras campanhas de promoção do amor e das boas relações interpessoais e suscitar debates sobre o tema nos mais variados espaços educativos.

Os destinatários deste concurso são jovens portugueses até aos 25 anos.

Os textos concorrentes devem ser redigidos num impresso/formulário próprio, disponível nas instalações do MUSEU NACIONAL DA IMPRENSA ( E.N. 108, nº 206, 4300-316 Porto ) e no SÍTIO OFICIAL (www.museudaimprensa.pt).

O concurso decorre até 31 de maio de 2019.