NOTÍCIAS
_______________________________________________________________________________

 

Nacionais

Internacionais Recortes de imprensa
   
      Museu Nacional da Imprensa 
          
PortoCartoon espalha-se
           de Alenquer até Braga
           - Cinanima e Festival Ri aderem
    Museu Nacional da Imprensa
          
PortoCartoon World Festival
           A Luz do Humor Mundial
           em Espinho/Cinanimaé
    Museu Nacional da Imprensa 
          
PortoCartoon na Feira
           Humor de Bordalo Pinheiro
           no 1.º festival de comédia
    Museu Nacional da Imprensa
          
A LUZ do Humor Mundial
           de Alenquer à Nazaré
    Museu Nacional da Imprensa 
          
Espólio gráfico do Museu da Imprensa
           Na casa das Artes de Famalicão
    Museu Nacional da Imprensa
          
PortoCartoon ilumina
           Óbidos - Vila Literária
    Museu Nacional da Imprensa 
          
Exposição documental no Museu da Imprensa
           BOCAGE: um rebelde na imprensa
    Museu Nacional da Imprensa
          
Espólio gráfico do Museu da Imprensa
           Na Casa das Artes de Famalicão
    Museu Nacional da Imprensa 
          
Museu da Imprensa
           associa-se às Jornadas
           Europeias do Património
    Museu Nacional da Imprensa
          
PortoCartoon no Douro
           Vinho do Porto com Humor
           em S. João da Pesqueira
    Museu Nacional da Imprensa 
          
Museu da Imprensa
           associa-se às Jornadas
           Europeias do Património
    Museu Nacional da Imprensa
          
Iniciativa do Museu da Imprensa
           Bocage, o Inconformista
           no encerramento da Feira do Livro do Porto
           Domingo, 20.09 - 17Hs
    Museu Nacional da Imprensa 
          
Bocage faz 250 anos no Metro do Porto
           - Vereadores da Cultura
           juntam-se ao Museu da Imprensa

           Amanhã, 15.09, 17H30 - Trindade
    Museu Nacional da Imprensa
          
Manuela de Azevedo
           lança novo livro aos 104 anos
    Museu Nacional da Imprensa 
           PortoCartoon mostra
           Wolinski em S. Paulo
    Museu Nacional da Imprensa 
          
PortoCartoon 2015
           A Luz no Aeroporto do Porto
    Museu Nacional da Imprensa 
          
PortoCartoon 2015
           A maior montra de humor do mundo
    Museu Nacional da Imprensa 
          
A luz do PortoCartoon
           espalha-se pelo Grande Porto
    Museu Nacional da Imprensa 
          
PortoCartoon na Anadia
           Caricaturas de Siza Vieira
           no Museu do Vinho Bairrada
    Museu Nacional da Imprensa 
          
Oficinas de Impressão no Museu Nacional da Imprensa
           26 e 29 de Junho,10h30 (crianças e jovens)
           27 de Junho,10h30 (Famílias)
    Museu Nacional da Imprensa 
           Liberdade, Igualdade e Fraternidade
           Humor do PortoCartoon
           no Museu de Imprensa-Madeira
    Museu Nacional da Imprensa  
           Museu da Imprensa 
           Debate a Liberdade
    Museu Nacional da Imprensa 
           Liberdade, Igualdade e Fraternidade
           PortoCartoon em Matosinhos
    Museu Nacional da Imprensa 
           Museu da Imprensa mostra
           25 de Abril com Humor
    Museu Nacional da Imprensa
           Abril Vinil
           em Coruche
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      Homenagem ao Charlie Hebdo
           e à liberdade de expressão - TVI24
    Museu Nacional da Imprensa
           Artista italiano torna-se
           bicampeão do PortoCartoon
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      Museu da Imprensa com
           Exposição Charlie-Wolinski


    Museu Nacional da Imprensa
           Wolinski, o Inconformista
           leva Charlie Hebdo à Madeira

    Museu Nacional da Imprensa
           A Luz é tema do
           PortoCartoon 2015
           A Luz é tema do PC 2015
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      A Museu da Imprensa
           lança campanha
          “Humor sim, Ódio não"
    Museu Nacional da Imprensa
     
      Museu da Imprensa / PortoCartoon
           declara luto em homenagem

           a Wolinski, assassinado em Paris
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      Museu da Imprensa
           aberto no Natal e “Ano Novo”
    Museu Nacional da Imprensa 
           Atenção cibernautas
     
      PortoCartoon 2014
           em votação até 31
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      "Onda Pina"
           Encerra no Mercado
           do Bom Sucesso
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      Concurso Escolar Manuel Pina
           lançado pelo Museu da Imprensa

    Museu de Imprensa-Madeira 
     
      Manoel de Oliveira, 105 anos
           Museu de Imprensa - Madeira
           Faz homenagem ao cineasta
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      Museu da Imprensa
           evoca a I Grande Guerra
           com censura e humora
    Museu de Imprensa-Madeira 
     
      PortoCartoon espalha humor mundial
           no Museu do Vinho da Bairrada
      Museu Nacional da Imprensa 
     
      ‘Textos de Amor M.A.Pina’
           oferece viagem à Madeira
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      Poema ‘Árvores nas gavetas’ vence
           “Concurso de Textos de Amor Manuel A. Pina”
    Museu Nacional da Imprensa 
     
      ‘Assalto ao Santa Maria’
           no Museu de Imprensa
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      Museu da Imprensa aberto
           no Natal e “Ano Novo”
      Museu Nacional da Imprensa      
           Manoel de Oliveira
           tem ‘humor mundial no Aeroporto do Porto
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      Museu da Imprensa celebra
           105 anos de Manoel de Oliveira

           com revistas, jornais e humor
    Museu Nacional da Imprensa      
           Museu da Imprensa assinala
           105 anos de Manoel de Oliveira
           Exposição inédita no Porto, humor no aeroporto
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      PortoCartoon 2014 theme
           Living Water / Living Earth
           Nelson Mandela and Siza Vieira
           are Caricature Special Awards
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      PortoCartoon leva Liberdade
           à cadeia de Custóias
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      Onda poética do Porto para o Mundo.
           Museu da Imprensa celebra 70º aniversário
           de Manuel António Pina
    Museu Municipal do Sabugal
           Domingo, 17 Novembro
     
      Sabugal recebe Exposição
           de Homenagem a Manuel António Pina
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      Manuela de Azevedo
           lança livro aos 102 anos

  
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      Museu da Madeira recebe
           Gutenberg com humor

 
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      Cartoons sobre Gutenberg
           no Aeroporto da Madeira

 
    Museu Nacional da Imprensa      
          
Sinfonia Completa
           livro de conto de Manuela de Azevedo

 
    Museu Nacional da Imprensa      
     
      Nova escultura reforça
           a 'capital do cartoon'

 
    Museu Nacional da Imprensa      
          
Museu de Imprensa-Madeira
           Inaugurado a 1 de Agosto

 
    Museu Nacional da Imprensa      
          
PortoCartoon em votação internacional
 
    Museu Nacional da Imprensa      
          
15º PortoCartoon-World Festival



Museu Nacional da Imprensa      
          
PortoCartoon
           em Santiago
           de Compostela
 


Museu Nacional da Imprensa      
          
Museu da Imprensa
           promove visita guiada



Museu Nacional da Imprensa      
          
Exposição e palestra
           Vasco Lourenço aborda
           40 anos do “25 de Abril”
           no Museu Nacional da Imprensa
 


Museu Nacional da Imprensa      
          
Festa do Livro FNAC
           Museu da Imprensa
           homenageia M. A. Pina



Museu Nacional da Imprensa      
          
Artista Servio vence
           PortoCartoon 2013
 


Museu Nacional da Imprensa      
          
Aeroporto do Porto
           adere ao Humor 3D



Museu Nacional da Imprensa      
          
Aeroporto do Porto
           Exposição de humor
           celebra Dia Mundial dos Museus de Cartoonn
 


Museu Nacional da Imprensa      
           PortoCartoon dá’
           “prémio do público”
           a artista Português
      Museu Nacional da Impensa
          
Textos de Amor 2013
           homenageiam
           Manuel A. Pina
    Museu Nacional da Imprensa      
           Poema ‘Plátano’
           vence concurso
           ‘textos de amor’
    Museu Nacional da Imprensa
          
PortoCartoon lança tema 2013
           Liberdade, Igualdade e Fraternidade
           - Manoel de Oliveira e Saramago são
           prémios especiais
    Museu Nacional da Imprensa      
           Museu da Imprensa
           presta homenagem
           a Manuel António Pina
    Museu Nacional da Imprensa
          
Homenagem a Manuel António Pina, domingo
           A luz das palavras
           no Metro do Porto
    Museu Nacional da Imprensa
          
‘Cimeira de Cádis’
           prolonga exposição
           do Museu da Imprensa
    Museu Nacional da Imprensa
           Cartum universitário luso-brasileiro
           Jovem português recebe três menções honrosas
    Museu Nacional da Imprensa
          
PortoCartoon no Brasil e Bolívia
    Museu Nacional da Imprensa
           Tema: “Ricos, Pobres, Indignados”
           Presidente da República
           Abriu 14º PortoCartoon
    Museu Nacional da Imprensa
           Oficinas creativas
           Atividades de verão
    Museu Nacional da Imprensa
           Museu da Imprensa assinala
           Centenário da 1ª exposição de humoristas
    Museu Nacional da Imprensa
           Dia dos Media
           Liberdade de Imprensa
           em exposição no Museu
      Museu Nacional da Imprensa
           PortoCartoon apresenta-se na Bolívia
           com humor sobre Direitos Humanos
    Museu Nacional da Imprensa
           Museu da Imprensa
           liga Portugal ao Equador
    Museu Nacional da Imprens       
           ‘Passarola’ de Gusmão e aviões
           Rio de Janeiro recebe

               humor do PortoCartoon
    Museu Nacional da Imprensa
           O Amor está em alta
           Concurso do Museu da Imprensa
           recebe participação recorde
    Museu Nacional da Imprens       
           Stuart e a BD
           no Museu da Imprensa

          
    Museu Nacional da Imprensa
           Ronaldo vence prémio
           do Público pela 2ª vez
    Museu Nacional da Imprens       
           Semana dos namorados
           em busca de textos de amor

          
    Museu Nacional da Imprensa
           2º concurso luso-brasileiro
           Museu da Imprensa e INTERCOM
           desafiam o humor das universidades
    Museu Nacional da Imprensa
           Museu da Imprensa
           Evoca Gazeta Literária
    Museu Nacional da Imprensa
           Textos de amor dão
           viagem a Barcelona
  
    Museu Nacional da Imprensa
           Mais de mil jornais
           no Museu da Imprensa
 
    Museu Nacional da Imprensa
           Concurso universitário
           recebe centena de desenhos
 
    Museu Nacional da Imprensa
            Evocando o ‘padre voador’
            PortoCartoon
            volta a S. Paulo
    Museu Nacional da Imprensa
            PortoCartoon
            evoca 'Padre Voador' no Rio de Janeiro
 
    Museu Nacional da Imprensa
            PortoCartoon
            em votação internacional
        
   

Museu Nacional da Imprensa
            A 13ª edição do PortoCartoon-World Festival
            abre oficialmente a 23 de Junho
            no Museu Nacional da Imprensa

    Museu Nacional da Imprensa
            Museu da Imprensa descentraliza
            Gutenberg na Estação de Campanhã
    Museu Nacional da Imprensa
            Diálogo intercultural: humor europeu
            no Instituto Politécnico de Setúbal
  
    Museu Nacional da Imprensa
            Feira do Livro de Braga
            recebe "Eça em Caricatura"
 
 

  Museu Nacional da Imprensa
            Exposição no Museu da Imprensa
            Evocar o '25 de Abril'
           
com 'livros proibidos'
    Museu Nacional da Imprensa
             Cartunista da Polónia
             vence o XIII PortoCartoon
             Plantu (Le Monde) recebe 2º Prémio
    Museu Nacional da Imprensa
             Museu da Imprensa e INTERCOM
            
lançam concurso luso-brasileiro de humor
 
    Museu Nacional da Imprensa
             Museu da Imprensa e autores
            apresentam Textos de Amor
 
    Museu Nacional da Imprensa
             Textos de amor dão 
             viagem a Barcelona
 
         Museu Nacional da Imprensa
             Aeroporto do Porto apresenta Humor
             Cartoons contra Desigualdades
 
    Museu Nacional da Imprensa
             A República na Imprensa:
             exposição em Santo Tirso
    Museu Nacional da Imprensa
             Exposição documental
             'Santa Liberdade, 50 anos
             no Museu da Imprensa
    Museu Nacional da Imprensa
             Museu da Imprensa
             leva a Coimbra
            
"Obama com humor"
    Museu Nacional da Imprensa
             Protocolo em Brasília
 
    Museu Nacional da Imprensa
              Centenário
              Museu da Imprensa
              Espalha a República
    Museu Nacional da Imprensa
              Livros ganham pernas
              no Museu da Imprensa
 
    Museu Nacional da Imprensa
              Festa da Caricatura
              na Praça da Liberdade
 
    Museu Nacional da Imprensa
              PortoCartoon voa alto
              a partir de 23 de Junho
 
    Museu Nacional da Imprensa
              Manuela de Azevedo
             
evoca 'Memórias' em Mangualde
 
    Museu Nacional da Imprensa
              PortoCartoon
              em Cantanhede
 
    Museu Nacional da Imprensa
              República: 100 anos, 100 livros
              Museu Nacional da Imprensa
              na Feira do Livro de Braga
    Museu Nacional da Imprensa
              De Grândola a Viana do Castelo
              Museu da Imprensa
             
espalha o "25 de Abril
    Museu Nacional da Imprensa
              Artista moldavo
              Vence Concurso
              Europeu de Cartoon  
    Museu Nacional da Imprensa
              Cartunista da Polónia
              vence o XII PortoCartoon
 
    Museu Nacional da Imprensa
              Exposição de Jornais Escolares
              no Museu Nacional da Imprensa
 
    Museu Nacional da Imprensa
              Concurso "Eu fotografei o Muro"
              Dá três prémios e sete menções honrosas
 
    XII PortoCartoon-World Festival
              'Jantar da crise' vence
              Prémio do Público
 
    Biblioteca Municipal Dom Miguel da Silva - Viseu
              Manuela de Azevedo
              Lançou livro em Viseu
 
    Museu Nacional da Imprensa
              O Amor a concurso
              no Museu da Imprensa
 
    Fundação Mário Soares
              Manuela de Azevedo lança livro
              sobre 70 anos de jornalismo

 
    Museu Nacional da Imprensa
              Exposição e colóquio
              na estação do Rossio

 
    Museu Nacional da Imprensa
              Exposição
              "República na Imprensa – do Porto a Lisboa"

 
    Museu Nacional da Imprensa
              Humor de Pedro Palma
              No Museu da Imprensa

 
    Museu Nacional da Imprensa
              Memórias de Manuela Azevedo

              Recordam 70 anos de jornalismo

 
Museu Nacional da Imprensa
             
Museu da Imprensa

              expõe "ZincoArte"
 
    Museu Nacional da Imprensa
              "Obrama Nobel"

              tem sala virtual

 
    Museu Nacional da Imprensa
              Museu Nacional da Imprensa
              Expõe "Muro de Berlim"
 
    Museu Nacional da Imprensa
              PortoCartoon 2010
              evoca a 'passarola'

 
    PortoCartoon em Lisboa (CGD)
              Humor mundial
              Mostra "Crises"

 
    Museu Nacional da Imprensa
              Concurso Europeu de Cartoon
              "Criatividade e Inovação"  
    Museu Nacional da Imprensa
              Museu Nacional da Imprensa
              XI PortoCartoon: Crises
Museu Nacional da Imprensa
             
Porto Capital do Cartoon:

              "Crise" de IGNAT
              passa a escultura pública
    Museu Nacional da Imprensa
             
Cartoon Europeu no Rossio
              Dezenas de desenhos sobre
              o Diálogo Intercultural
    Museu Nacional da Imprensa
             
Cartunista da Roménia
              vence o XI PortoCartoon
    Museu Nacional da Imprensa
             
Evocação de Gutenberg
              com humor internacional
    Museu Nacional da Imprensa
             
Concurso Nacional de Textos de Amor
    Museu Nacional da Imprensa
             
Vitor Oliveira Jorge ganhou edição de 2008

              do concurso de Textos de Amor
             
do Museu da Imprensa
    Museu Nacional da Imprensa
             
Museu da Imprensa

              evoca Direitos Humanos
    Museu Nacional da Imprensa
              Ateliers no Museu
  Museu Nacional da Imprensa
             
Porto, Capital do Cartoo
              Proclamação em 10 Línguas
  Museu Nacional da Imprensa
             
800 desenhos 17 locais
              Porto afirma-se como 
              "Capital do Cartoon"
  Museu Nacional da Imprensa
             
X PortoCartoon
             
Direitos Humanos
  Museu Nacional da Imprensa
             
Ateliers de Reciclagem
              No Museu da Imprensa
  Museu Nacional da Imprensa
             
Réplica de Prelo do MNI assinala
              200 anos da Imprensa Brasileira 
  Museu Nacional da Imprensa
             
Inteiro Postal nos 200 anos 
             
da Imprensa Brasileira
  Exposição do Museu da Imprensa
             
Augusto Cid vence
             
X PortoCartoon
    Museu Nacional da Imprensa
             
Concurso Nacional Textos de Amor
             
Oferece Fim-de-semana na Madeira
    10º Concurso Escolar
             
Museu da Imprensa premeia
             
Telas sobre Direitos Humanos
    Museu Nacional da Imprensa
             
Museu da Imprensa prepara
             
Roteiro da Ciência no Porto
    Museu Nacional da Imprensa
             
IX PortoCartoon em Livro
  Museu Nacional da Imprensa
             
PortoCartoon em Postais
  
    Museu Nacional da Imprensa
             
JOSÉ SARAMAGO
             
no Museu da Imprensa
 

Internacionais

    Museu Nacional da Imprensa
              Protocolo em Brasília
 
    Museu Nacional da Imprensa
             
Salão de Humor
              Luso-Brasileiro
    Museu Nacional da imprensa
             
Cartunista Polaco
             
Vence IX PortoCartoon
  Museu Nacional da Imprensa
             
Público do IX PortoCartoon dá 
             
Prémio ao brasileiro Ronaldo
    Museu Nacional da Imprensa
             
Museu da Imprensa
              Liga-se a Espanha
    Museu Nacional da Imprensa
             
Espaço ibero-americano
             
une Museus da Imprensa  
    Museu Nacional da Imprensa
             
Livro de Humor contra Discriminação
             
Premiado pela Comissão Europeia
    Museu Nacional da Imprensa
             
Melhores Cartoons Prémio Europeu
             
No Museu Nacional da Imprensa
    PortoCartoon no México (Guadalajara)
             
Exposição virtual mostra
             
humor ibero-americano
    Exposição Concurso Europeu Cartoon -
Estação do Rossio, Lisboa
             
200 Desenhos de Humor
             
contra a Discriminação
    PortoCartoon no 34º Salão Internacional de Humor de Piracicaba
             
Ponte de humor une
             
Portugal e Brasil
    26º Salon International de la Caricature de St-Just-Le-Martel
             
Salão Francês acolhe PortoCartoon
    Instituto Nacional para a Reabilitação /
Museu Nacional da Imprensa
             
Cartunista Belga Vence
             
Concurso Europeu Cartoon
    25º Salon International de la caricature (França)
             
PortoCartoon liga
             
Portugal a França"
   Recortes de imprensa
    Funchal Notícias
              Wolinski: recordar quem morreu pelo cartoon
    Correio do Ribatejo
              Correio do Ribatejo desafiado a criar pólo do
             
Museu Nacional da Imprensa em Santarém

   

Nacionais  
 

TOPO ^



 

  

PortoCartoon espalha-se
de Alenquer até Braga
- Cinanima e Festival Ri aderem

Vinte e seis exposições levam o humor do PortoCartoon World Festival a diferentes pontos do país. São várias as mostras ao alcance dos portugueses apreciadores de cartoon, resultado da política de descentralização cultural que o Museu Nacional da Imprensa tem vindo a desenvolver desde 1997.
O grande foco de expositivo situa-se, até ao final do mês de novembro, em vários municípios da Comunidade Intermunicipal do Oeste. Trata-se de uma exposição polinucleada do PortoCartoon 2015, cujo tema foi A Luz, em sintonia com escolha temática da ONU para o ano em curso. Esta exposição envolve dez núcleos em municípios da CIM Oeste: Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré e Óbidos. Para visitar integralmente a exposição, denominada PortoCartoon - A LUZ do Humor Mundial, será necessário percorrer todo o circuito humorístico. Outros trabalhos do PortoCartoon 2015 estarão em exibição na Galeria do Centro Multimeios de Espinho, durante o festival Cinanima, de 9 a 15 de novembro.
A primeira edição do Ri – Festival Nacional de Comédia integrará também uma mostra de caricaturas de Bordalo Pinheiro, no Cineteatro António Lamoso, em St.ª Maria da Feira, de 6 a 8 de novembro.

O PortoCartoon passa ainda pelo Museu do Vinho Bairrada (Anadia) com a exposição Siza Vieira no Humor Mundial (até 6 dezembro), pelo Museu do Vinho de S. João da Pesqueira com a exposição Vinho do Porto no Humor Mundial (até final do ano).
Outras mostras paralelas do PortoCartoon 2015 podem ainda ser visitadas na Maia (Aeroporto), no Porto, em locais como o Edifício Transparente, Funicular dos Guindais, o Clérigos Café & Brasserie e os cafés Célia, Progresso, Piolho e Velasquez. Na Estação de comboios de Braga está também patente a exposição PortoCartoon - O Riso do Mundo
Para além destas exposições descentralizadas, podem ser visitadas todos os dias até ao final do ano no MNI a mostra integral do PortoCartoon 2015 A Luz, o Tributo a Wolinski e o Prémio Especial de Caricatura Cristiano Ronaldo. A destacar ainda a exposição permanente O Riso do Mundo, na Galeria Internacional do Cartoon. 

Porto, 5 de Novembro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

PortoCartoon World Festival
A Luz do Humor Mundial
em Espinho/Cinanima

Dezenas de trabalhos do PortoCartoon vão estar em exposição na Galeria do Centro Multimeios de Espinho, no âmbito do Cinanima. Este Festival Internacional de Cinema de Animação decorrerá de 9 a 15 de novembro.

A exposição de cartoon, com o tema A luz, contempla os trabalhos premiados e menções honrosas da edição de 2015 do festival de humor promovido pelo Museu Nacional da Imprensa. O destaque vai para o Grande Prémio de Alessandro Gatto (IT), o 2.º Prémio de Izabela Kowalska-Wieczorek (PL) e o 3.º Prémio de Andrei Popov (RU).

Na sua 17.ª edição, o PortoCartoon reforçou o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor, mostrando a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuída em 2008. Em apreciação estiveram cerca de 1700 obras, de quase 500 artistas, oriundas de todos os continentes.

No ano do atentado ao jornal satírico Charlie Hebdo (7.01.2015), o tema da Luz assume especial pertinência para o PortoCartoon e está em sintonia com a escolha temática da ONU para 2015. Os trabalhos desta edição do festival de humor revelam a importância do cartoon como arte de reflexão e intervenção social.

O humor do PortoCartoon associa-se assim ao Cinamina, um festival que conta já com 38 anos de existência e que, segundo a organização, “não é feito apenas de filmes”. 

 

 

 

Porto, 3 de Novembro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

PortoCartoon na Feira
Humor de Bordalo Pinheiro
no 1.º festival de comédia


  

Várias caricaturas de Rafael Bordalo Pinheiro vão estar em exibição na primeira edição do Ri – Festival Nacional de Comédia, em Santa Maria da Feira. O evento decorrerá de 6 a 8 de novembro, no Cineteatro António Lamoso.

A mostra consiste numa seleção de trabalhos de vários cartunistas estrangeiros, participantes do PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa. Bordalo Pinheiro, figura incontornável do universo artístico e cultural, autor de um dos maiores símbolos do povo português, o Zé Povinho, surge, assim, representado pelo humor de artistas internacionais.

A exposição, comissariada pelo Diretor do MNI, Luís Humberto Marcos, estará patente durante os três dias do festival, no foyer do CTAL.

Porto, 2 de Novembro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

A LUZ do Humor Mundial
de Alenquer à Nazaré

Mais de duas centenas de cartoons vão espalhar o humor pela Comunidade Intermunicipal do Oeste, de Alenquer à Nazaré, a partir de 22 de Outubro.

Trata-se de uma exposição polinucleada do PortoCartoon 2015, cujo tema foi A Luz, em sintonia com escolha temática da ONU para o ano em curso. Esta exposição envolve nove núcleos que serão inaugurados simultaneamente em nove municípios da CIM Oeste: Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré e Óbidos.

Com núcleos autónomos mas interligados, esta exposição - inédita na sua filosofia descentralizadora na região - será espalhada pelos diferentes concelhos, tendo como epicentro um conjunto mais alargado em Óbidos, inserido no FOLIO - Vila Literária. Para visitar integralmente a exposição, denominada PortoCartoon - A LUZ do Humor Mundial, será necessário percorrer todo o circuito humorístico.

Em exibição estarão os trabalhos de dezenas de cartunistas de todo o mundo, que abrilhantaram e fizeram, mais uma vez, do festival de humor promovido pelo Museu Nacional da Imprensa um dos mais importantes certames de humor gráfico do mundo. Além dos trabalhos premiados, os visitantes poderão apreciar o humor de países como Brasil, Argentina, Espanha, França, Rússia, Polónia, Indonésia, Itália, Bélgica, Croácia, Roménia, Irão, Sérvia, Turquia, entre muitos outros.

A exposição irá ficar patente, nos diferentes locais, até ao final de novembro.

Na Galeria do Pelourinho, em Óbidos, está ainda uma representação institucional do MNI, através de uma exposição de alguns dos seus objetos emblemáticos, como instrumentos tipográficos, um prelo de provas - para impressão manual pelos visitantes - uma miniatura de máquinas tipográficas e o troféu do PortoCartoon World Festival, da autoria de Siza Vieira.

Porto, 22 de Outubro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Espólio gráfico do Museu da Imprensa
Na Casa das Artes de Famalicão

Dezenas de peças pertencentes ao espólio do Museu Nacional da Imprensa vão estar em exibição na Casa das Artes de Famalicão. O MNI marca assim a sua presença no I Encontro da Imprensa Regional do Norte, no dia 17 de outubro em Famalicão.

A mostra exibirá diversos materiais tipográficos, como componedores, caixas de tipos, pinças, vinhetas, tipómetros, manuais de tipografia, entre outros. A participação do MNI incluirá ainda a presença de um prelo de provas, pronto a ser utilizado pelos visitantes.

O I Encontro da Imprensa Regional do Norte, organizado pela Câmara de Famalicão em conjunto com a Associação Portuguesa de Imprensa e os Diretores dos jornais de Vila Nova de Famalicão, visa promover a reflexão e o debate em torno da sobrevivência e qualificação dos meios de comunicação social locais e regionais.

A exposição estará patente na entrada da Casa das Artes apenas por um dia.


      

Porto, 14 de Outubro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

PortoCartoon ilumina
Óbidos - Vila Literária

 

Dezenas de desenhos do PortoCartoon, com o tema A Luz, vão estar em exposição no 1.º Folio (Festival de Literatura Internacional de Óbidos), cujo tema central se encontra também em sintonia com a designação temática da ONU para 2015. Com abertura marcada para 15 de outubro, esta mostra resulta da parceria entre o Museu Nacional da Imprensa e a Câmara Municipal de Óbidos.

Em exibição estarão trabalhos premiados e selecionados do PortoCartoon 2015, festival de humor internacional promovido pelo MNI. São desenhos de cartunistas de todo o mundo, que fizeram, mais uma vez, do PortoCartoon, um dos maiores certames mundiais de humor gráfico.

Além do núcleo de Óbidos, dezenas de cartoons integram a exposição polinucleada que levará o humor à Comunidade Intermunicipal do Oeste. A Luz será espalhada por diferentes concelhos da OesteCIM, com núcleos autónomos mas interligados, tendo como epicentro a mostra patente no FOLIO. Será necessária a visita a todas as mostras, para que o visitante possa abranger a diversidade do humor que constitui a globalidade da Exposição PortoCartoon - A LUZ do Humor Mundial.

Para além de A Luz, haverá ainda uma representação institucional do MNI, na Galeria do Pelourinho daquela Vila Literária. Em exibição estarão alguns objetos emblemáticos do MNI, como espólio tipográfico, um prelo de provas, miniaturas de máquinas tipográficas, o troféu do PortoCartoon - World Festival da autoria de Siza Vieira e um cartaz de autoria de Georges Wolinski.


 

Porto, 13 de Outubro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Exposição documental no Museu da Imprensa
BOCAGE: um rebelde na imprensa

 

Dezenas de peças ligadas à vida e obra de Bocage vão estar em exposição no Museu Nacional da Imprensa, a partir de 24 de outubro até 29 de fevereiro do próximo ano.

Esta é mais uma atividade do programa que o MNI preparou para a comemoração dos 250 anos de Bocage, cuja obra está claramente vinculada à imprensa.

O primeiro livro de Barbosa du Bocage (1765-1805) foi editado em Lisboa, em 1791. Passou pela comissão de Censura e foi impresso na oficina de Simão Tadeu Ferreira.

Este e outros livros, igualmente raros, farão parte desta grande exposição documental, além de jornais e outras publicações.

O Museu Nacional da Imprensa associa-se às comemorações bocageanas com esta mostra sobre a presença de Bocage nas artes da imprensa.

A mostra privilegia a dimensão de rebeldia do poeta que foi muito incomodado pela polícia e pela Inquisição.

Durante a exposição, os visitantes poderão imprimir poemas e capas de obras de Bocage, nos prelos-relíquia do museu. Outras iniciativas serão lançadas ao longo do ano de celebração do nascimento do poeta.

Porto, 9 de Outubro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Espólio gráfico do Museu da Imprensa
Na Casa das Artes de Famalicão


    

Dezenas de peças pertencentes ao espólio do Museu Nacional da Imprensa vão estar em exibição na Casa das Artes de Famalicão. O MNI marca assim a sua presença no I Encontro da Imprensa Regional do Norte que terá lugar no dia 17 de outubro em Famalicão.

A mostra exibirá diversos materiais tipográficos, como componedores, caixas de tipos, pinças, vinhetas, tipómetros, manuais de tipografia, entre outros. A participação do MNI incluirá ainda a presença de um prelo de provas, pronto a ser utilizado pelos visitantes.

O I Encontro da Imprensa Regional do Norte, organizado pela Câmara de Famalicão em conjunto com a Associação Portuguesa de Imprensa e os Diretores dos jornais de Vila Nova de Famalicão, visa promover a reflexão e o debate em torno da sobrevivência e qualificação dos meios de comunicação social locais e regionais.

A exposição estará patente na entrada da Casa das Artes apenas por um dia.

Porto, 8 de Outubro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

PortoCartoon no Douro
Vinho do Porto com Humor
em S. João da Pesqueira

 
  

A exposição Vinho do Porto no Humor Mundial irá inaugurar-se a 8 de outubro no Museu do Vinho de São João da Pesqueira. A mostra resulta de uma parceira entre o Museu Nacional da Imprensa e aquele museu inaugurado em 2014 no coração do Douro vinhateiro.

Inserida na linha de descentralização do projeto do MNI, esta será a primeira exposição internacional, e de humor em particular, a ser acolhida pelo museu duriense.

Os trabalhos expostos resultam do desafio lançado pelo PortoCartoon-World Festival (organizado pelo MNI) para assinalar os 250 anos da criação da Região Demarcada do Douro. Dezenas de cartunistas responderam ao convite para o Prémio Especial Vinho do Porto que, depois da selecção do Júri internacional presidido, na altura, por Georges Wolinski, deu origem a esta memorável exposição.

Destacam-se os trabalhos premiados de Yuri Ochakovsky (Israel), Pedro Méndez Suárez (Cuba), Heino Partenen (Finlândia) e Sait Munzur (Turquia).

A inauguração está marcada para as 18H e a mostra ficará patente até 31 de dezembro.

 

 

 



 

Porto, 1 de Outubro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

   

Museu da Imprensa
associa-se às Jornadas
Europeias do Património

São várias a iniciativas que o Museu Nacional da Imprensa (MNI) levará a cabo no âmbito das Jornadas Europeias do Património 2015, entre os dias 25 e 27 de setembro.

O tema deste ano - Património Industrial e Técnico - dá larga pertinência à integração daquele museu, criado em 1997 com um acervo singular ligado à arqueologia tipográfica.

O programa do MNI tem um cariz bastante experimental e inédito. A destacar o conjunto de três visitas guiadas ao seu edifício, convidando o visitante a (re)descobrir a história do passado industrial do complexo onde está instalado, desde a altura em que o Vale de Campanhã era uma das zonas favoritas dos ricos e abastados dos séculos XVII e XVIII, até às fábricas de moagens e de sabão que o caracterizam no séc. XIX.

Outra das iniciativas previstas será uma exposição virtual em vários espaços públicos da cidade do Porto, que mostra a evolução do edifício e área circundante desde o século XVII até ao presente. A terceira proposta do MNI no contexto das JEP 2015 será uma visita guiada à exposição permanente “Memórias Vivas da Imprensa”, orientada por um ex-tipógrafo, durante a qual o público poderá aventurar-se nas antigas artes da composição e da impressão manuais, descobrindo assim a História da Imprensa. Por último, estão ainda previstas duas oficinas de encadernação manual, tendo como ponto de partida a visita à Oficina de Encadernação do museu. Aqui, os participantes serão desafiados a construir o seu próprio livro (capa mole), executando todo o trabalho: desde a preparação do miolo até à colagem da capa, passando pela costura dos cadernos.

Para mais informações sobre por favor consulte os sítios:

http://www.museudaimprensa.pt/
http://www.patrimoniocultural.pt/pt/agenda/atividades-diversas/jornadas-europeias-do-patrimonio-2015-1/

 

Porto, 21 de Setembro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Iniciativa do Museu da Imprensa
Bocage, o Inconformista
no encerramento da Feira do Livro do Porto
Domingo, 20.09 - 17H

A poesia de Bocage vai marcar o encerramento da Feira do Livro do Porto, já no próximo domingo. Numa iniciativa conjunta, o Museu Nacional da Imprensa e o Pelouro da Cultura da Câmara do Porto levam a público fragmentos da obra deste poeta, no ano em que se celebram 250 do seu nascimento.

Bocage, o Inconformista é o título da sessão que irá juntar sete dizedores no Speakers’ Corner da Feira do Livro, às 17H. Para a leitura dos diversos poemas foram convidados Alexandre Falcão, Ana Queirós, Ana Sofia Alves, Alberto Albuquerque , António Monteiro, Débora Paiva, Lourdes dos Anjos.

Esta é mais uma atividade do programa do MNI para a comemoração dos 250 anos de Bocage, cuja obra está claramente vinculada à imprensa. O primeiro livro de Barbosa du Bocage (1765-1805) foi editado em Lisboa, em 1791. Passou pela comissão de Censura e foi impresso na oficina de Simão Tadeu Ferreira. Este e outros livros, igualmente raros, farão parte de uma grande exposição documental que o MNI está a preparar.

Porto, 17 de Setembro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Bocage faz 250 anos
no Metro do Porto
- Vereadores da Cultura juntam-se ao Museu da Imprensa
Amanhã, 15.09, 17H30 - Trindade

No dia dos 250 anos do seu nascimento, Bocage vai andar de metro com os Vereadores Paulo Cunha e Silva, Delfim Sousa, Luís Araújo, Mário Sousa Neves, Fernando Rocha e Elisa Ferraz.

A iniciativa do Museu Nacional da Imprensa (MNI) realiza-se amanhã, 3ªf. com concentração na Estação da Trindade, às 17H30.

O ator Alexandre Falcão será Bocage e os diversos vereadores de Cultura da linha do Metro (Porto, Gaia, Gondomar, Maia, Matosinhos, Vila do Conde) estarão presentes para a leitura de diversos poemas.

Depois do arranque da homenagem na Trindade, outros atores e dizedores, como Ana Queirós, Ana Sofia Alves, Débora Paiva, Lourdes dos Anjos, Alberto Albuquerque e António Monteiro, farão o percurso entre esta estação e a Casa da Música, com retorno à Trindade, surpreendendo os passageiros em diversas carruagens. Uma cópia do poema “Liberdade onde estás? Quem te demora?" será distribuída durante esta homenagem.

'Bocage anda de metro' é o título desta primeira iniciativa do programa do MNI de comemoração dos 250 anos de Bocage, cuja obra está claramente vinculada à imprensa. O primeiro livro de Barbosa du Bocage (1765-1805) foi editado em Lisboa, em 1791. Passou pela comissão de Censura e foi impresso na oficina de Simão Tadeu Ferreira.

Porto, 14 de Setembro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Manuela de Azevedo
lança novo Livro aos 104 anos

O novo livro de contos de Manuela de Azevedo, “O pão que o diabo amassou”, vai ser lançado na Casa da Imprensa, em Lisboa, no dia 31 de agosto, às 17.30 horas, com sessão de autógrafos.

Senhora de uma memória extraordinária e ainda muito lúcida, a jornalista e escritora falará da sua obra, durante a apresentação do livro, que ocorre precisamente no dia em que faz 104 anos.

O interesse de Manuela de Azevedo pelo jornalismo despertou com o jornal “O Século”, do qual o seu pai era correspondente. Mais tarde lança um livro de poemas intitulado “Claridade”, com prefácio de Aquilino Ribeiro, e entra depois para o mundo do jornalismo, no jornal “República”. Esteve vários anos no “Diário de Lisboa”, onde rubricou dezenas de reportagens, e terminou a sua carreira profissional no “Diário de Notícias”, destacando-se na reportagem e na crítica teatral. Vencedora do Prémio Fialho d' Almeida, em 1954, Manuel da Azevedo, lançou em 2013 outro livro de contos, Sinfonia Completa.

O novo livro de contos, editado conjuntamente pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI) e Casa da Imprensa, será apresentada pelo diretor do Museu e autor do prefácio, Luís Humberto Marcos. Na oportunidade, o Presidente da Casa da Imprensa, Goulart Machado, evocará o trabalho de Manuela de Azevedo como dirigente daquela associação mutualista.

No final da sessão haverá um Porto d'Honra oferecido pela Sandeman.

Porto, 24 de Agosto de 2015
A Direção


TOPO ^



 

   

PortoCartoon mostra
Wolinski em S. Paulo


  

O"Wolinski, o inconformista" é o título da exposição do PortoCartoon que vai estar patente em S. Paulo (41º Salão de Piracicaba) de 22 de agosto a 4 de outubro.

São cerca de 50 desenhos que figuraram na sua 1ª exposição realizada na Península Ibérica e que ele inaugurou em 2012, na Galeria Daumier do Museu Nacional da Imprensa (Porto).

Assassinado durante o 'massacre do Charlie Hebdo' (Paris, 7 janeiro 2015), Wolinski (1934-2015) deixou uma obra imensa espalhada por livros, jornais, publicidade e vídeo. Na exposição - comissariada por Luís Humberto Marcos - vão estar patentes várias capas do Charlie Hebdo, desenhos sobre a política mundial (com a líder alemã em destaque), sobre o euro, e naturalmente sobre sexo, tema que Wolinski sempre abordou sem tabus. Como é sabido, o desenhador francês foi presidente do Júri do PortoCartoon de 2004 a 2014.

Esta iniciativa integra-se num protocolo assinado 2005, entre a Prefeitura de Piracicaba (norte de S. Paulo) e o PortoCartoon/Museu Nacional da Imprensa. Todos os anos há intercâmbio de exposições e, por isso mesmo, o PortoCartoon 2015 acolheu a mostra "Indignação", patente no Via Catarina, desde 22 de junho.
    

Porto, 20 de Agosto de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

PortoCartoon 2015
A Luz no Aeroporto do Porto

Visitantes podem votar

O Aeroporto do Porto, tem patente desde 8 de julho, uma extensão do XVII PortoCartoon-World Festival, dedicado ao tema “A Luz”. A exposição apresenta, na área pública de chegadas, cerca de 40 desenhos, designadamente os premiados e as menções honrosas atribuídas pelo Júri internacional.

No local da exposição, os visitantes poderão votar no seu cartoon preferido, utilizando para o efeito os boletins de voto e a urna ali presentes.

Alessandro Gatto, de Itália, foi o vencedor do Grande Prémio desta edição. Com a obra “Window” (“Janela”), Gatto volta a conquistar o prémio que já havia ganho em 2012. O trabalho vencedor deu origem a mais uma escultura no âmbito do Porto – Capital do Cartoon, da autoria do escultor Rui Anahory, que pode ser vista no jardim da Rua de Sá da Bandeira. Trata-se da 8ª peça do 'roteiro do humor' iniciado em 2008, com uma peça de Siza Vieira.

O segundo prémio, intitulado “Safe Light” (“Luz Protetora”), foi atribuído a Izabela Kowalska-Wieczorek, da Polónia, e o terceiro prémio - a “Lantern” (“Lampião”) - a Andrei Popov, da Rússia.

A edição deste ano contemplou dois prémios especiais de caricatura, em homenagem ao nobel da literatura Ernest Hemingway e a Cristiano Ronaldo. Os vencedores foram, respetivamente, Dalcio Machado, de Brasil, e Krzysztof Grondziel, da Polónia.

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir ainda onze Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (duas), Croácia (duas), Espanha, França, Portugal (duas), Roménia e Rússia (duas).

Com esta 17.ª edição, o PortoCartoon reforça o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuída em 2008.

Esta extensão no Aeroporto do Porto insere-se na política de descentralização cultural levada a cabo pelo Museu Nacional da Imprensa, que uma vez mais lança a mensagem humorística para fora das suas portas. O PortoCartoon estende-se a outros locais como o Vila do Conde The Style Outlets, Funicular dos Guindais, Mercado do Bom Sucesso, Livraria Lello, APDL, Edifício Transparente, ESAP, cafés do centro histórico, entre muitos outros.

Os trabalhos expostos no átrio das chegadas, até final de Dezembro, foram selecionados a partir de cerca de 1700 obras, de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. Portugal é o país com maior participação: 154 trabalhos, de 62 cartunistas. Seguem-se o Irão, Roménia, Turquia, Sérvia, e Brasil e Rússia (ambos com 57), Ucrânia e Polónia.

A principal exposição do XVII PortoCartoon está patente ao público na sede do Museu Nacional da Imprensa, onde podem ser apreciados mais de 600 desenhos e esculturas. O voto do público também pode ser exercido numa urna e na internet, no Museu Virtual do Cartoon ( www.cartoonvirtualmuseum.org). Este voto servirá para a escolha do “Prémio do Público”, cujo o vencedor irá fazer uma exposição antológica em 2016.

 

Outras exposições integram ainda o XVII PortoCartoon, nomeadamente: INDIGNAÇÃO (no Via Catarina) – do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (São Paulo); Humor Canadiano de Diego Herrera, uma exposição do artista colombiano a residir no Canadá, vencedor do Grande Prémio do Prémio do Público do PortoCartoon em 2014 (no Dolce Vita – Antas); exposição do Tema Livre na Casa Branca de Gramido (Gondomar).



 

Porto, 10 de Julho de 2015
A Direção


TOPO ^




  

PortoCartoon 2015
A maior montra de humor do mundo

Cerca de trinta exposições do PortoCartoon espalham o humor por diversos locais, dentro e fora do Porto. Trata-se da maior montra de humor do mundo, tanto em extensão como em número de desenhos.

Vila do Conde The Sytle Outlets, Dolce Vita Porto, Via Catarina, Galeria do JN, Casa Branca de Gramido (Gondomar), Aeroporto, Mercado do Bom Sucesso, Funicular dos Guindais, Livraria Lello, Piolho, Café Progresso, Café Célia, Café Velasquez, Museu do Vinho Bairrada, Estação de Braga, Museu de Imprensa - Madeira e Museu Nacional da Imprensa (com 3 exposições) são alguns dos locais onde já podem ser visitadas estas mostras.

Mais de mil desenhos integram o XVII PortoCartoon World Festival, cujo núcleo central está patente na Galeria Internacional do Cartoon do Museu Nacional da Imprensa.

O tema principal – A Luz – vem, mais uma vez, reforçar a preocupação relativamente aos grandes problemas da humanidade, deste que é um dos maiores certames mundiais de humor. Centenas de desenhos parodiam o 'ano internacional da luz' (ONU).

Integradas no PortoCartoon 2015, e patentes no MNI, estão ainda as mostras Sin Palabras - uma exposição comemorativa dos 20 anos de Magola, personagem criada por Nani Mosquera – e uma exposição de homenagem a Georges Wolinski. Esta última resulta de um convite dirigido pela Direção do MNI aos cartunistas de várias nacionalidades, vencedores do Grande Prémio do PortoCartoon, e inclui um busto da autoria do escultor Fernando Saraiva. Georges Wolinski, famoso cartunista assassinado em janeiro passado no atentado ao Charlie Hebdo, foi durante 10 anos Presidente do Júri do PortoCartoon e em 2014 recebeu o título de Cidadão Honorário do Porto – Capital do Cartoon.

Ernest Hemingway e Cristiano Ronaldo foram as figuras eleitas para o Prémio Especial de Caricatura do PortoCartoon 2015. A exposição do Prémio Especial de Caricatura Ernest Hemingway, cujo vencedor foi Dalcio Machado (Brasil), pode ser visitada na Galeria do JN até 30 setembro. A Galeria Internacional do Cartoon (MNI) acolhe a mostra do Prémio Especial de Caricatura Cristiano Ronaldo, cujo vencedor foi Krzysztof Grondziel (Polónia).

Até outubro vão ser ainda montadas exposições no Edifício Transparente, Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, Palacete Visconde de Balsemão, Casa do Infante, Casa-Museu Guerra Junqueiro, Estação de Campanhã, ESAP, Café Via Garrett.

Roteiro do Humor ganha 8ª escultura

O PortoCartoon 2015, contou ainda com a implantação de mais uma escultura no âmbito do Porto – Capital do Cartoon. A obra do escultor Rui Anahory, baseada no desenho de Alessandro Gatto, vencedor do Grande Prémio do PortoCartoon 2015, pode ser vista no jardim da Rua de Sá da Bandeira. Trata-se da 8ª peça do 'roteiro do humor' iniciado em 2008.

Cibernautas podem votar

O público poderá votar online no seu cartunista favorito em www.cartoonvirtualmuseum.org . No Aeroporto do Porto, Mercado do Bom Sucesso, Café dos Clérigos, Vila do Conde The Style Outlets e no Museu Nacional da Imprensa, encontra-se também uma urna que permitirá ao visitante votar no trabalho eleito.


 

 
 

Parceiros/apoiantes:  
 
  Porto, 10 de Julho de 2015
A Direção

TOPO ^



 

  

A luz do PortoCartoon
espalha-se pelo Grande Porto

 

Mais de mil desenhos integram o XVII PortoCartoon World Festival, cujo núcleo central está patente na Galeria Internacional do Cartoon do Museu Nacional da Imprensa.

O tema principal – A Luz – vem, mais uma vez, reforçar a preocupação relativamente aos grandes problemas da humanidade, deste que é um dos maiores certames mundiais de humor. Centenas de desenhos parodiam o 'ano internacional da luz' (ONU).

Paralelamente a esta mostra podem ser visitadas no Museu as exposições Sin Palabras - uma exposição comemorativa dos 20 anos de Magola, uma personagem criada por Nani Mosquera – e a exposição de homenagem a Georges Wolinski. Esta mostra resulta de um convite dirigido pela Direção do MNI a cartunistas de várias nacionalidades e inclui um busto da autoria do escultor Fernando Saraiva. Georges Wolinski, famoso cartunista assassinado em janeiro passado no atentado ao Charlie Hebdo, foi durante 10 anos Presidente do Júri do PortoCartoon e em 2014 recebeu o título de Cidadão Honorário do Porto – Capital do Cartoon.

Ainda a título de homenagem ao cartunista francês, a 'casa do cartunista' passou a denominar-se Casa Wolinski - Residência Artística PortoCartoon, numa sessão que decorreu no dia 22 de junho, acompanhada pelo Embaixador de França e vários artistas estrangeiros. Perdurará, assim, na fachada do edifício, uma placa em zincogravura com a nova designação.

Ernest Hemingway e Cristiano Ronaldo foram as figuras eleitas para o Prémio Especial de Caricatura do PortoCartoon 2015. A exposição do Prémio Especial de Caricatura Ernest Hemingway, cujo vencedor foi Dalcio Machado (Brasil), pode ser visitada na Galeria do JN até 30 setembro. A Galeria Internacional do Cartoon (MNI) acolhe a mostra do Prémio Especial de Caricatura Cristiano Ronaldo, cujo vencedor foi Krzysztof Grondziel (Polónia).

No arranque do Festival esteve a Festa da Caricatura, na Estação de S. Bento, durante a qual milhares de visitantes tiveram oportunidade de ser caricaturados por alguns dos cartunistas premiados nesta edição e ainda outros caricaturistas convidados. A abertura da Rua do PortoCartoon, este ano a Rua Mouzinho da Silveira, foi outro dos momentos altos da presente edição do festival.

Outras exposições integram ainda o XVII PortoCartoon, nomeadamente: INDIGNAÇÃO (no Via Catarina) – do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (São Paulo); Humor Canadiano de Diego Herrera, uma exposição do artista colombiano a residir no Canadá, vencedor do Grande Prémio do Prémio do Público do PortoCartoon em 2014 (no Dolce Vita – Antas); exposição do Tema Livre na Casa Branca de Gramido (Gondomar).

Roteiro do Humor
ganha 8ª escultura


O PortoCartoon 2015, contou ainda com a implantação de mais uma escultura no âmbito do Porto – Capital do Cartoon. A obra do escultor Rui Anahory, baseada no desenho de Alessandro Gatto, vencedor do Grande Prémio do PortoCartoon 2015, pode ser vista no jardim da Rua de Sá da Bandeira. Trata-se da 8ª peça do 'roteiro do humor' iniciado em 2008, com uma peça de Siza Vieira.

Primeira Residência Artística na Casa Wolinski

O PortoCartoon de 2015 fica marcado pelo acolhimento da primeira residência artística na Casa Wolinski, a primeira a nível mundial destinada aos artistas do humor.

Diego Herrera, vencedor do Grande Prémio e do Prémio do Público de 2014, foi o primeiro artista numa residência que teve início a 19 de junho e termina amanhã. Este programa que contou com o apoio do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal do Porto, incluiu, entre outras iniciativas, uma masterclass do artista sobre desenho de humor no auditório do MNI.

Com cerca de 140 m2 e um terraço de 300 m2 sobre o rio Douro , a casa está situada na ala leste do Museu e havia sido inaugurada em 2014 por Georges Wolinski.

Extensões fora do Porto

O PortoCartoon estende-se a outras cidades da área metropolitana do Porto. Uma das grandes extensões do PortoCartoon 2015 encontra-se já no Vila do Conde The Style Outlets. As restantes extensões da presente edição poderão ser visitadas a partir de meados de julho em locais como o Aeroporto do Porto, APDL, Edifício Transparente, ESAP, Livraria Lello, Mercado do Bom Sucesso, cafés do centro histórico, entre muitos outros.

 

 







 






 


Porto, 02 de Julho de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

PortoCartoon na Anadia
Caricaturas de Siza Vieira
no Museu do Vinho Bairrada

Cerca de 50 caricaturas de Siza Vieira estão patentes no Museu do Vinho Bairrada (Anadia) desde 13 de junho. A exposição do Prémio Especial de Caricatura Siza Vieira, integrado no 16.º PortoCartoon World Festival, reúne trabalhos de caricaturistas de vários países, como Alemanha, Irão, Portugal e resultou da seleção do Júri internacional a partir de centenas de trabalhos a concurso. Ivan Prado, autor peruano residente na Alemanha, recebeu o 1.º Prémio.

Esta é mais uma oportunidade para homenagear Siza Vieira, distinguido mundialmente com prémios como Pritzker (1992), Medalha de Ouro do RIBA, Leão de Ouro da Bienal de Arquitetura de Veneza, entre muitos outros. O homenageado é também o autor do troféu do PortoCartoon e da primeira peça escultórica implantada na cidade, no âmbito do Porto, Capital do Cartoon (2008).

Esta exposição, comissariada por Luís Humberto Marcos, Diretor do Museu Nacional da Imprensa, permite a descoberta de traços do homenageado, a partir da criatividade de cada humorista, de diferentes culturas geográficas e artísticas.

Os Prémios Especiais de Caricatura, no âmbito do PortoCartoon, tiveram início em 2013 com Manoel de Oliveira e José Saramago, tendo continuado com o arquiteto português e Nelson Mandela em 2014, e em 2015 com Ernest Hemingway e Cristiano Ronaldo.

Esta mostra realiza-se no âmbito de uma parceria entre o Museu Nacional da Imprensa e a Câmara Municipal de Anadia. A mostra estará aberta ao público até 18 de outubro.

 

Porto, 15 de Junho de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Oficinas de Impressão no Museu Nacional da Imprensa
26 e 29 de Junho,10h30 (crianças e jovens) - 27 de Junho,10h30 (Famílias)

Durante três dias, o Museu Nacional da Imprensa transformar-se-á numa oficina artística dedicada às técnicas de impressão.

Acompanhados por Talleen Hacikyan, os participantes da oficina ImpressionArte! descobrem as potencialidades da impressão, explorando noções de composição, textura e linha, numa técnica simples e interessante que, posteriormente, poderá ser desenvolvida e praticada em casa.

Talleen Hacikyan é uma impressora premiada, ilustradora e educadora artística canadiana, com mais de 30 anos de experiência.

Duas Masterclasses imperdíveis no Museu Nacional da Imprensa! 27 de junho, 15H30

Masterclass: Demonstração de monotipia com tintas Akua e prensa portátil Pin Press (com Talleen Hacikyan)

Talleen Hacikyan irá demonstrar a técnica da monotipia com as tintas à base de água Akua e a prensa portátil Pin Press.

Usando várias tipologias de tintas Akua, Talleen apresentará diferentes formas de trabalhar em matrizes de plástico: escovando, estampando, arranhando, esfregando, entre outras. Explorar-se-ão impressões múltiplas e imagens-fantasma, em diferentes tipos de papéis.

Masterclass: Desenho de Humor (com Diego Herrera,Yayo)

O artista colombiano Diego Herrera partilhará com os participantes a sua vasta experiência na área de desenho de humor, explorando as etapas de realização e as diferentes especialidades (humor, editorial e ilustração). Esta masterclass, do artista conhecido como Yayo, desenvolve-se no âmbito de uma residência artística a decorrer entre Junho e julho, na Casa do Cartunista, no Museu Nacional da Imprensa. Será esta a primeira vez que a Casa do Cartunista será ocupada por um artista em residência.


Inscrições em:

http://www.museudaimprensa.pt/
?go=workshops&workshop=hacikyan

http://www.museudaimprensa.pt/
?go=workshops&workshop=monotipia

http://www.museudaimprensa.pt/
?go=workshops&workshop=diegoherrera

Porto, 15 de Junho de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Liberdade, Igualdade e Fraternidade
Humor do PortoCartoon
no Museu de Imprensa-Madeira

Mais de uma centena de cartoons integram a exposição Liberdade, Igualdade e Fraternidade que inaugurou no dia 29 de maio, no Museu de Imprensa Madeira (Câmara de Lobos).

Esta mostra do PortoCartoon World Festival, comissariada por Luís Humberto Marcos (Diretor do Museu Nacional da Imprensa), realiza-se no âmbito da parceria existente entre o museu madeirense e o MNI. Os trabalhos expostos refletem sobre os tempos difíceis e controversos, com o mundo ainda longe dos ideais da revolução francesa: liberdade, igualdade e fraternidade.

De entre as obras, destaca-se “Shipwreck” (‘Naufrágio’), de Miro Stefanovic (Sérvia), vencedor do Grande Prémio do PortoCartoon 2015, trabalho que deu origem a uma das esculturas do conjunto que faz do Porto a Capital do Cartoon desde 2008. Salienta-se ainda o trabalho “Libertea”, de Wilem Rasing (Holanda) e o de Vladimir Kazanevesky (Ucrânia), sem título. Nesta exposição é ainda possível apreciar trabalhos de diversos cartunistas de países como Irão, Roménia, Sérvia, Turquia, Portugal e Bélgica.

Inaugurado em 2013, o Museu de Imprensa-Madeira tem recebido várias exposições de humor gráfico. Até há poucos dias exibiu uma mostra de homenagem a Wolinski, com dezenas de jornais Charlie Hebdo e desenhos daquele artista morto no atentado de 7 de janeiro ao jornal humorístico parisiense.

A exposição manter-se-á até 31 de julho.

 

Porto, 30 de Maio de 2015
A Direção


TOPO ^




  

Museu da Imprensa
Debate a Liberdade

Edição filatélica evoca dia mundial

As recentes tentativas de 'censura prévia' e o atentado de Paris contra o Charlie Hebdo serviram de moldura ao debate que decorreu no sábado, 2 de maio, às 18H, no Museu Nacional da Imprensa.

Arons de Carvalho (ex-Secretário de Estado da Comunicação Social e Vice-Presidente da ERC), Fátima Campos Ferreira (jornalista da RTP) e Luís Humberto Marcos (Director do MNI) debateram os caminhos da liberdade de imprensa à volta de uma das relíquias da coleção deste Museu, um o prelo de madeira do Séc. XVIII que está no centro da Exposição Permanente 'Memórias Vivas'.

Ainda no âmbito da evocação do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, o MNI foi palco do lançamento de um inteiro postal e carimbo alusivos ao tema e tendo como patronos Milton, Voltaire e B. Franklin. A cerimónia contou com a presença do Diretor de Filatelia dos CTT, Raul Moreira.

O público presente pode imprimir manualmente, antes e depois do debate, a capa de Areopagítica, num dos prelos-relíquia do Museu.




Fátima Campos Ferreira

Arons de Carvalho

Luís Humberto Marcos

Porto, 5 de Maio de 2015
A Direção


TOPO ^




  

Liberdade, Igualdade e Fraternidade
PortoCartoon em Matosinhos





A exposição de cartoon internacional Liberdade, Igualdade e Fraternidade está patente até 14 de junho, no átrio dos Paços do Concelho de Matosinhos.

Esta mostra, inaugurada no âmbito das comemorações do 41.º aniversário do 25 de Abril, apresenta dezenas de trabalhos que reflectem sobre os tempos difíceis e controversos, com o mundo ainda longe dos ideais da revolução francesa: liberdade, igualdade e fraternidade.

De entre os trabalhos expostos, destaca-se “Shipwreck” (‘Naufrágio’), de Miro Stefanovic (Sérvia), vencedor do Grande Prémio do PortoCartoon 2015, trabalho que deu origem a uma das esculturas do conjunto que faz do Porto a Capital do Cartoon desde 2008. A salientar ainda o trabalho “Atrapados”, de Ángel Boligán (artista cubano radicado no México) e Libertea”, de Wilem Rasing (Holanda), respectivamente segundo e terceiros prémios da mesma edição do Festival Internacional de cartoon.

Nesta exposição é ainda possível apreciar trabalhos de diversos cartunistas de países como Irão, Roménia, Sérvia, Turquia, Portugal e Bélgica.

Porto, 25 de Abril de 2015
A Direção


TOPO ^



  

Museu da Imprensa mostra
25 de Abril com Humor

A Sam, Abel Manta e Miranda
destacam-se em exposição sobre o tema


A maior exposição de sempre de humor do 25 de Abril na Imprensa está patente no Museu Nacional da Imprensa até ao dia 31 de maio.

A exposição 25 de Abril: Humor na Imprensa apresenta mais de uma centena de desenhos humorísticos alusivos à “revolução dos cravos”, publicados em dezenas de jornais e revistas. A Mosca, A Vida Mundial, Charlie Hebdo, Diário de Lisboa, Expresso, Flama, Gaiola Aberta, Jornal de Notícias, Jornal Novo, O 1.º de Maio, Opção, O Século Ilustrado, O Tempo, Pasquim, Seara Nova, Sempre Fixe, República, são algumas da publicações que integram esta mostra.

Trata-se de uma iniciativa singular, que expressa bem a missão deste Museu, na sua ligação entre a imprensa e o humor, estabelecida desde a abertura, em 1997.

Sam, Abel Manta e Miranda são os principais autores representados. Sam, com o seu famoso guarda ricardo. João Abel Manta, de todos, talvez o mais censurado durante a ditadura. Miranda, seguramente o mais popular, que editava os seus desenhos no Jornal de Notícias.

A par de outros nomes, este foi um trio que, de forma constante, mostrou a importância do humor na análise social do país no “pós-25 de Abril”, em diferentes jornais e revistas.

Muitos outros, surgiram, dispersos, em distintas publicações. Alguns deles são estrangeiros, designadamente Bosc, Chumy Chumez e Wolinski.

O humorista francês, assassinado em janeiro deste ano no Charlie Hebdo e presidente do Júri do Porto Cartoon durante 11 anos, acompanhou as transformações portuguesas da ‘revolução dos cravos’. Tal como Ziraldo que, no seu Pasquim - o célebre jornal de combate à ditadura brasileira – soube estabelecer um paralelismo entre Portugal e Brasil.

O MNI pretende, assim, assinalar os 41 anos da “revolução", reunindo um conjunto singular de cartoons e caricaturas dos principais humoristas gráficos que fizeram dos tempos do PREC a sua matéria-prima. A mostra centra-se num período de dois anos, de 25 abril de 1974 a 25 abril de 1976.

Porto, 24 de Abril de 2015
A Direção


TOPO ^




  

Abril Vinil
em Coruche

Dezenas de capas de discos de vinil vão estar expostas, até 3 de Maio, na Galeria do Mercado Municipal de Coruche. Abril Vinil, é o nome da mostra que apresenta discos de 33 e 45 rotações editados no período revolucionário do “pós 25 de Abril” de 1974 e resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Coruche e o Museu Nacional da Imprensa. As respetivas capas evidenciam diferentes qualidades gráficas ao nível do arranjo e da diversidade de meios de impressão.

A mostra inclui algumas raridades discográficas e relembra canções de algumas das mais importantes vozes nacionais como Zeca Afonso, Fausto, Amália, Fernando Tordo, Paulo de Carvalho, Sérgio Godinho e Vitorino, entre outros. “Grândola Vila Morena”, de Zeca Afonso, “Somos Livres” de Ermelinda Duarte, “Cravo Vermelho ao peito” de José Barata Moura e “A Revolução em Marcha” de Tonicha, são alguns dos discos que podem ser apreciados nesta mostra, a par dos vinis dos poetas Manuel Alegre e Ary dos Santos e do actor Mário Viegas.

Para além das capas dos discos, os visitantes vão poder escutar algumas das Canções Proibidas durante a ditadura de Salazar/Caetano, através de uma aplicação informática disponível para utilização individual.

Porto, 23 de Abril de 2015
A Direção


TOPO ^



  

Artista italiano torna-se
bicampeão do PortoCartoon

Artistas polaco e brasileiro
ganham prémios Hemingway e CR7


Alessandro Gatto, de Itália, foi o vencedor do Grande Prémio do XVII PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, e subordinado ao tema "A Luz". Com a obra “Window” (“Janela”), Gatto conquistou o prémio que já havia ganho em 2012. O prémio de há três anos serviu de referência para uma escultura implantada no 'Jardim das Oliveiras' (Clérigos), no âmbito do Porto-Capital do Cartoon.

O segundo prémio, intitulado “Safe Light” (“Luz Protetora”), foi atribuído a Izabela Kowalska-Wieczorek, da Polónia, e o terceiro prémio - a “Lantern” (“Lampião”) - a Andrei Popov, da Rússia.


A edição deste ano contemplou dois prémios especiais de caricatura, em homenagem ao nobel da literatura Ernest Hemingway e a Cristiano Ronaldo. Os vencedores foram, respetivamente, Dalcio Machado, de Brasil, e Krzysztof Grondziel, da Polónia.





A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir ainda onze Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (duas), Croácia (duas), Espanha, França, Portugal (duas), Roménia e Rússia (duas).

Em apreciação estiveram cerca de 1700 obras, de quase 500 artistas, oriundas de todos os continentes. Portugal é o país com mais participação: com 154 trabalhos, de 62 cartunistas. Seguem-se o Irão (152), Roménia (121), Turquia (101), Sérvia (82) e Brasil e Rússia (ambos com 57), e Ucrânia (53) e Polónia (45).

Com esta 17.ª edição, o PortoCartoon reforça o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuída em 2008.

O Júri internacional do XVII PortoCartoon teve como Presidente Honorário Georges Wolinski - cartunista do Charlie Hebdo assasssinado no passado mês de Janeiro, em Paris, e que durante uma década tinha sido presidente do Júri. Integraram o Júri 2015: Andrew Howard (docente Universitário de Comunicação Visual), Bernard Bouton (presidente da FECO), Luís Humberto Marcos (diretor do Museu Nacional da Imprensa), Luís Mendonça (representante da Faculdade de Belas Artes do Porto), Roberto Merino (encenador) e Xaquín Marín (fundador do Museo de Humor de Fene, Espanha).

Os vencedores do XVII PortoCartoon receberão os troféus (desenhados por Siza Vieira) e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, em junho.

Porto, 14 de Abril de 2015
A Direção


TOPO ^




  

Museu da Imprensa com
Exposição Charlie-Wolinski

Vai estar patente até ao fim do mês de março, no Museu Nacional da Imprensa, uma exposição que pretende homenagear os jornalistas mortos no massacre de Paris e a afirmação da liberdade de imprensa.

A organização desta mostra serve também para evocar a figura de Georges Wolinski, um amigo especial do Museu que presidiu ao Júri do PortoCartoon desde 2004. Centenas de jornais Charlie e alguns originais de Wolinski integrarão a exposição.

Georges Wolinski recebeu em junho de 2014, no Museu, o título de 1º Cidadão Honorário do Porto-Capital do Cartoon. Em 2005, Wolinski participou no lançamento do Museu Virtual do Cartoon. Em 2008, o famoso cartunista francês participou na proclamação internacional do Porto como Capital do Cartoon feita em dez línguas diferentes, junto de uma peça escultórica de Siza Vieira. Desde então, todos os anos têm sido criadas esculturas com os trabalhos premiados em cada edição, obras que vão sendo espalhadas pela cidade.

A par desta iniciativa, o MNI está a promover uma campanha escolar denominada "HUMOR SIM, ÓDIO NÃO" para que se debatam, nas escolas de todos os níveis de ensino, os temas da liberdade e da tolerância.

Paralelamente, o MNI criou a galeria virtual Je suis Charlie, no seguimento do convite dirigido por este museu aos cartunistas de todo o mundo, no sentido de participarem numa homenagem universal ao Charlie Hebdo e aos seus 'heróis do humor.'

Porto, 20 de janeiro de 2015
A Direção


TOPO ^



 

  

Wolinski, o Inconformista
leva Charlie Hebdo à Madeira

Georges Wolinski, um dos jornalistas assassinados durante o atentado contra o jornal humorístico Charlie Hebdo, é homenageado no Museu de Imprensa – Madeira, em Câmara de Lobos, com uma exposição especial de originais, livros, revistas (Paris-Match) e jornais (Charlie Hebdo e Hara-Kiri).

A mostra é composta por cerca de 200 peças e contempla ainda um Cabinet Rouge, que reúne desenhos originais dirigidos a um público adulto.

Wolinski, o inconformista”, pretende evidenciar a figura do autor de humor mais publicado em França, cuja carreira jornalística tinha mais de 52 anos. O homenageado trabalhava, até ao massacre de Paris, no Charlie Hebdo, Paris Match e no Journal du Dimanche, depois de ter colaborado com muitas outras publicações como o Libération, Hara-Kiri e L’ Écho des Savanes.

A exposição é comissariada por Luís Humberto Marcos, Diretor do Museu Nacional da Imprensa (MNI), e integra-se na parceria existente entre o museu madeirense e o MNI.

Georges Wolinski era, desde 2004, Presidente do Júri do PortoCartoon World Festival. Desta estreita relação com o festival, e das suas frequentes vindas ao Porto, resultaram algumas crónicas suas sobre essa cidade no Charlie Hebdo.

O Museu Nacional da Imprensa apresentou, em 2012, a primeira exposição de Wolinski fora de França. Wolinski esteve presente na inauguração, tendo sido nessa altura perspetivadas outras mostras, uma delas precisamente na Madeira. Na altura, Wolinski manifestou vivo interesse em estar presente na inauguração.


De 27 de fevereiro até 30 de abril.


TOPO ^




  

Museu da Imprensa
lança campanha
“Humor sim, Ódio não"

"Humor Sim, Ódio não” é o título da campanha nacional que está a ser lançada para as mais diversas escolas do país, convidando-as a refletir sobre a temática da liberdade e da tolerância.

Porto, 12 de janeiro de 2015
A Direção


TOPO ^




   

Museu da Imprensa / PortoCartoon
declara luto em homenagem
a Wolinski, assassinado em Paris

O MNI declara luto por uma semana em memória do jornalista George Wolinski barbaramente assassinado, esta manhã, juntamente com outros colegas, na redação do Charlie Hebdo, em Paris.

Wolinski foi durante vários anos presidente do Jurí do PortoCartoon-World Festival e esteve presente nos momentos mais marcantes deste certame promovido pelo Museu Nacional da Imprensa.

Figura impar do desenho de humor, Wolinski era um arauto da liberdade plena e entregou toda a sua vida ao jornalismo humorístico, sendo um dos autores mais conceituados do mundo.

A sua morte, tão bárbara, conjuntamente com a dos restantes jornalistas assassinados, deixa de luto o jornalismo e o humor.
A Direção do Museu Nacional da Imprensa e do PortoCartoon expressa aos familiares de Wolinski e dos restantes jornalistas do Charlie Hebdo mortos, bem como ao jornal parisiense, as mais sentidas condolências.

Porto, 7 de janeiro de 2015
A Direção


TOPO ^




  

Museu da Imprensa aberto
no Natal e “Ano Novo”

O Museu Nacional da Imprensa está aberto nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro, com as suas múltiplas exposições.
Cumprindo com o plano desencadeado logo na abertura, em 1997, no sentido de ter as portas abertas 365 dias ao ano, aquele museu voltará a acolher, nos feriados, os visitantes que queiram desfrutar do “prazer da cultura”, seu lema.
Os visitantes dispõem de várias exposições patentes naquele “museu vivo” da cidade do Porto, designadamente o XVI PortoCartoon sobre “Água Viva/Terra Viva” (últimos dias). Outras exposições: “Mandela – Prémio Especial de Caricatura”, no âmbito do PortoCartoon 2014; “Miniaturas Tipográficas”; “Memórias Vivas da Imprensa”, além de “PortoCartoon, o Riso do Mundo”, na Galeria Internacional do Cartoon.

Além das exposições, os visitantes poderão imprimir textos e gravuras que estão em algumas das relíquias tipográficas da exposição permanente.
O Museu Nacional da Imprensa, instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo, está sempre aberto das 15h às 20h.

22 / Dez / 2014


TOPO ^




  

A Luz é tema do
PortoCartoon 2015

Prémios especiais de caricatura: Hemingway e Cristiano Ronaldo

Foi lançado o 17th PortoCartoon World Festival, que terá como tema principal A Luz, tema que a ONU proclamou para o Ano Internacional de 2015. Iluminar este tema com a luz do cartoon pareceu à organização, Museu Nacional da Imprensa, um dos melhores apelos ao estro dos artistas do humor. Trata-se de um tema de soberana importância e que mostra também as muitas desigualdades que existem à escala mundial. A luz do sol e da lua é igual para todos. Mas as outras luzes, as da eletricidade e de tudo o que lhe está associado, são motivo de muita escuridão em diferentes partes do mundo. É esta reflexão que se pretende suscitar através do convite ao foco do humor, apontando-o sobre progressos e distorções, ribalta e bastidores. De permeio, está uma verdade indesmentível: não há luz sem sombra!

RONALDO e HEMINGWAY

Para os Prémios Especiais de Caricatura 2015, estão designadas duas grandes figuras de fama mundial: o jogador português (natural da Madeira) Cristiano Ronaldo, ídolo desportivo, vencedor de várias bolas e botas de ouro; e o escritor norte-americano Ernest Hemingway (1899-1961), prémio nobel da Literatura, que há um século participava na I Guerra Mundial.

Esta participação, como motorista da Cruz Vermelha e correspondente do jornal Kansas City Star, inspirou-lhe o Adeus às Armas (1929), obra emblemática do seu percurso literário.

A escolha desta figuras para alvo do engenho dos artistas do humor surge na sequência de outras designações feitas desde 2013: Manoel de Oliveira e José Saramago (em 2013); Nelson Mandela e Siza Vieira (em 2014).

As propostas dos cartunistas de todo o mundo deverão ser submetidas até ao dia 13 de fevereiro.

Porto, 19 de Dezembro de 2014
A Direção


TOPO ^




   

Atenção cibernautas
"PortoCartoon 2014
em votação até 31


Termina no dia 31de dezembro a votação on-line para a escolha do Prémio do Público do PortoCartoon 2014, subordinado ao tema “Água Viva/ Terra Viva”, uma iniciativa promovida pelo Museu Nacional da Imprensa.
Trata-se de uma votação a nível mundial, na qual o público é convidado a escolher o melhor cartoon, de 21 concorrentes, independentemente da votação do júri feita em Abril deste ano.
O voto deverá ser feito no Museu Virtual do Cartoon em: http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
f_portocartoon_2014_vote.htm

 O PortoCartoon é o único certame internacional com voto do Público, alargado ao ciberespaço. Esta votação pública foi estabelecida em 2006, tendo havido já oito vencedores de continentes diferentes: Ludo Goderis (Bélgica), Ronaldo (Brasil), Guo Zhong (China), Zygmunt Zaradkiewicz (Polónia), Santiagu (Portugal), Ronaldo (Brasil), Fernando Camarneiro (Portugal) e Santiagu (Portugal).
Os desenhos candidatos podem ser vistos em pormenor antes da votação online, sendo a respetiva lista constituída pelos premiados e finalistas, escolhidos pelo júri internacional do concurso presidido por Georges Wolinski, - afamado cartunista de Paris-Match, Charlie Hebdo e Journal du Dimanche.
Os desenhos em disputa foram recebidos de países tão diferentes como Bélgica, Brasil, Colômbia, Espanha, França, Holanda, Inglaterra, Irão, Israel, Luxemburgo, Nicarágua, Polónia, Roménia, Sérvia, Ucrânia, Uzbequistão, entre outros.
Um trabalho do português André Carrilho, vencedor do Prémio Especial de Caricatura sobre Mandela, está também em votação.
Uma votação idêntica decorre na Galeria Internacional do Cartoon, do Museu Nacional da Imprensa, no Aeroporto de Pedras Rubras e no Café dos Clérigos (Passeio dos Clérigos), onde os visitantes também podem votar numa urna local, em boletins apropriados.

16 / Dez / 2014


TOPO ^




  

"Onda Pina"
Encerra no Mercado
do Bom Sucesso


Ampliar

Teve lugar no passado domingo, 30 de Novembro, no Mercado do Bom Sucesso (Porto), o encerramento da homenagem a Manuel António Pina que o Museu Nacional da Imprensa dinamizou ao longo deste mês. A homenagem contou com momentos de poesia, fado e música coral, encerrando-se, assim, a "Onda Pina - A poesia em Movimento".

A 18 de Novembro, dia em que o jornalista e escritor Manuel António Pina faria 71 anos, milhares de pessoas de todo o mundo aderiram à "Onda Pina - A Poesia em Movimento", depois do desafio lançado pelo MNI a escolas de vários países.

Chegaram ao Museu imagens das mais diversas sessões realizadas em universidades e escolas de países como a China (Pequim e Macau), Indonésia, Estados Unidos (Boston), Canadá, Argentina, Brasil, Inglaterra, Irlanda, Espanha, França, Itália, Angola, São Tomé e Príncipe, entre outros. Em Portugal, foram cerca de meia centena as escolas que de norte a sul do país, incluindo a Madeira, participaram nesta Onda Pina.

No total, o MNI estima que cerca de 10.000 estudantes e professores entraram na 'Onda Pina', evocando a obra daquele escritor e jornalista.

Os resultados da iniciativa, que contou com o contributo do “Instituto Camões”, da Rede de Bibliotecas Escolares e do Museu da Língua Portuguesa (S. Paulo), estão a ser divulgados através do sítío e da página de Facebook do MNI.

Com esta evocação, o MNI dá continuidade a projetos anteriores, como a homenagem prestada em 2012 através de uma grande exposição bio-bibliográfica e da criação do Concurso Escolar Manuel António Pina, além do Concurso de Textos de Amor Manuel António Pina.

A 10 de Novembro, foram entregues os Prémios do Concurso Escolar Manuel António Pina, em Sabugal, momento em que também foi lançada a edição nacional do mesmo concurso.

02 / Dez / 2014


TOPO ^



   

Manoel de Oliveira, 105 anos
Museu de Imprensa - Madeira
Faz homenagem ao cineasta







 

O Museu de Imprensa-Madeira (em Câmara de Lobos) homenageia o cineasta Manoel de Oliveira, de 105 anos, apresentando uma exposição sobre a sua vida e obra na imprensa nacional e internacional, que ficará patente até ao fim do mês de Janeiro de 2015. “Manoel de Oliveira: O Cinema na Imprensa e no Humor Mundial” é o título da exposição que apresenta revistas, jornais e dezenas de caricaturas sobre o cineasta mais velho do mundo ainda em atividade. Montada pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI) e comissariada pelo seu diretor, Luís Humberto Marcos, a mostra contem mais de 150 peças com uma diversidade de abordagens jornalísticas sobre o cineasta e sua imensa obra, traduzida em mais de 40 filmes. Além de muitas revistas portuguesas, a exposição apresenta várias publicações francesas, como os Cahiers du Cinéma, Beaux Arts, L’Avant Scène Cinéma, Suplemento Cinéma do Libération e L’Acchiappa Film. Há também revistas espanholas e italianas. Todas as publicações abordam a atividade do cineasta natural do Porto e em várias edições portuguesas podem ser lidos textos de José Régio, Jorge Sena, Adolfo Casais Monteiro e José Gomes Ferreira sobre Manoel de Oliveira. Esta exposição é idêntica à que o MNI abriu em dezembro de 2013 para assinalar os 105 anos de Manoel de Oliveira, com a presença do cineasta. Paralelamente à apresentação da imprensa nacional e internacional, são mostradas dezenas de caricaturas integradas no Prémio Especial de Caricatura do PortoCartoon-World Festival de 2013, alusivo ao realizador de Cristovão Colombo - O Engima, rodado no Porto Santo. Além do desenho vencedor deste prémio, de autoria de Ivan Prado (Perú), os visitantes poderão apreciar o humor de grandes artistas de vários países, designadamente do Irão, Indonésia, Brasil, Suíça, Alemanha, Turquia, Espanha. O Museu de Imprensa-Madeira, inaugurado em 2013, está instalado numa larga cave da Biblioteca Municipal de Câmara de Lobos.






29 / Out / 2014


TOPO ^


 

  

Museu da Imprensa evoca a I Grande Guerra
com censura e humor

Está patente até 30 de setembro, no Museu Nacional da Imprensa, uma exposição que evoca o centenário da I Grande Guerra. Integram esta mostra dezenas de jornais e revistas centradas no humor e na censura, além de outros documentos.

Em várias publicações, é possível verem-se os espaços em branco resultantes da ação dos censores. Fazia parte das ordens da comissão de censura não substituir o texto censurado. Por isso mesmo, algumas páginas apresentam várias colunas em branco. Numa das publicações expostas, a primeira página está totalmente em branco.

Além da censura, a mostra contempla desenhos humorísticos da imprensa portuguesa e estrangeira, de entre os quais se destacam os de autoria de Leal da Câmara, bem como cartas censuradas daquele período.

Intitulada "Guerra, Censura e Humor", esta exposição documental é comissariada pelo diretor do Museu, Luís Humberto Marcos, e resulta de uma pesquisa iniciada em 2013

29 / Out / 2014


TOPO ^

 

 

  

PortoCartoon espalha humor mundial
no Museu do Vinho da Bairrada



Muito humor mundial está patente no Museu do Vinho da Bairrada (Anadia) até ao dia 27 de Abril. Trata-se da exposição de caráter internacional do PortoCartoon 2013 “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”, resultado da primeira colaboração entre o Museu Nacional da Imprensa e a Câmara Municipal de Anadia.
A mostra conta com mais de 160 peças de cartunistas do mundo inteiro, incluindo todos os trabalhos vencedores designadamente “O naufrágio”de Miro Stefanovic, ganhador do Grande Prémio, o segundo Prémio, intitulado “Atrapados” de Boligán e o terceiro “Libertea” de Wilem Rasing.
A exposição comissariada pelo Diretor do Museu, Luís Humberto Marcos, é composta por trabalhos originais oriundos de todos os continentes e demonstrativos de diferentes técnicas plásticas aliadas ao humor e à sátira.
Esta iniciativa insere-se na política de descentralização cultural praticada pelo Museu Nacional da Imprensa, que tem permitido a apresentação de trabalhos em diversos locais do país e no estrangeiro. Centenas de milhares de pessoas viram as quinze edições do PortoCartoon realizadas nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, e nas diferentes cidades por onde passaram, na Argentina, Bolívia, Brasil, Equador, Espanha, França e México.

____________________________________


Exposição patente no Museu do Vinho Bairrada
de 08 de março a 27 de abril de 2014

Horários de terça a sexta-feira:
09:00/13:00 e 14:00/18:00

Horários fins de semana e feriados:
10:00/19:00

Entrada: 1 euro
Até 12 anos entrada gratuita
Visitas guiadas por marcação:
museuvinhobairrada@mail.telepac.pt
Telf.: 231 519 78

07 / Mar / 2014


TOPO ^

 

 

   

‘Textos de Amor M.A.Pina’
oferece viagem à Madeira

O Museu Nacional da Imprensa promove, a partir do dia 14 de Fevereiro, o Concurso de Textos de Amor Manuel A. Pina, em homenagem ao jornalista e escritor falecido em 2012.
A iniciativa, especial para o Dia dos Namorados, prolonga-se até 20 de Fevereiro, em busca de textos de amor originais. O melhor será premiado com uma viagem à Madeira para duas pessoas.
Durante a “semana dos namorados”, o museu está aberto à receção de textos originais alusivos ao amor e os visitantes poderão imprimir poemas de diversos autores (Camões, Florbela Espanca, Bocage, Pessoa, Eugénio de Andrade e Manuel António Pina), nos prelos-relíquia do Museu.
Dirigido aos cidadãos portugueses de qualquer idade, o concurso, já na 14ª edição, vai premiar os melhores textos concorrentes, em poesia ou prosa.
Os prémios são viagens (à Madeira e cruzeiro no Douro) e livros.
O Museu Nacional da Imprensa pretende, com esta iniciativa, estimular a revelação de novos autores, apelando à escrita de textos de carácter amoroso.
Os textos concorrentes devem ser registados num impresso próprio, disponível nas instalações daquele Museu e no formulário on-line no seu sítio oficial (www.museudaimprensa.pt) onde está patente o regulamento.
As edições anteriores têm sido progressivamente mais participadas e em 2013 foi atingido um número recorde de 900 textos. Em 2011 foi editado um livro com os 75 textos premiados durante a primeira década do concurso.
A edição de 2014 é apoiada por várias entidades, designadamente a Club Tour, a Tomaz do Douro, a Via d’Ouro, o Four Views Hotels, o Grande Hotel do Porto, o Jornal de Notícias, a Porto Editora, o ISMAI, o Instituto Multimédia, o Metro do Porto e o Plano Nacional de Leitura.

Manuel António Pina foi membro do Júri durante as primeiras nove edições do concurso. Têm participado como jurados Pires Laranjeira, Maria Glória Padrão, Ana Sousa Dias e Fernando Pinto do Amaral, além do Diretor do Museu, Luís Humberto Marcos.

11 /Fev/ 2014


TOPO ^

 

 

   

Poema ‘Árvores nas gavetas’
vence
“Concurso de Textos de Amor Manuel A. Pina”

Alberto Pereira foi o vencedor do Concurso de Textos de Amor Manuel A. Pina/2013 organizado do Museu Nacional da Imprensa (MNI), com um poema intitulado “Árvores nas gavetas”.

A escolha do júri resultou da análise de cerca de 900 textos, número recorde de participações, enviados para a 13ª edição do concurso que aquele museu promove desde 2001. A iniciativa pretende estimular a escrita lírica portuguesa. É de realçar, nesta edição, a forte participação de crianças e jovens de escolas de todo o país.

O segundo lugar foi atribuído ao poema “[In] Fusão”, de Ana Catarina Santos, e o terceiro a João Albuquerque, com o poema “Exame optométrico”.

O Júri - constituído por Fernando Pinto do Amaral, diretor do Plano Nacional de Leitura, JL Pires Laranjeira, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, e Luís Humberto Marcos, diretor do MNI – decidiu ainda atribuir Menções Honrosas aos seguintes treze textos: “retrato e poesia” (Ademar Neves da Costa), “Monólogos do Báltico (Cartas para chover) ” (Alberto Pereira), “Amor entre portagens” (Antero dos Santos Afonso), “Um sonho, meu amor” (José Manuel Pyrrait), “Quem sabe um dia” (Laura Avelar Ferreira), “Naquela manhã” (Marcelina Gama Leandro), “Cafés, tardes e gelados” (Mariana Pereira), “poema à mãe e outras vidas” (Pedro Caius), “Menu Amor” (Pedro Miguel Rodrigues), “ Abro contigo o livro” (Sara da Costa), “Poema de amor” (Sílvia Pinto), “Poema de sentir qualquer coisa” (Susana Miguel António) e “Entre o coração...” (Tatiana Trilho).

10 /Fev/ 2014


TOPO ^

 

 

  

‘Assalto ao Santa Maria’
no Museu de Imprensa

Dezenas de exemplares da imprensa nacional e internacional integram a exposição que será inaugurada no Museu de Imprensa-Madeira, em Câmara de Lobos, no dia 22 de janeiro, às 17.30h, com o título “Santa Liberdade, 1961: a Dulcineia que abalou as ditaduras ibéricas”.
A abertura decorre precisamente no dia em que, há 52 anos, o capitão Henrique Galvão comandou o assalto ao navio Santa Maria. O caso que logo ecoou pelo mundo, tornou-se manchete na imprensa nacional e internacional.
O desvio do paquete Santa Maria viria a ser um dos mais duros golpes aplicados ao regime ditatorial que vigorava em Portugal desde 1926.
A exposição, coordenada por Luís Humberto Marcos, apresenta exemplares raros da repercussão do caso na imprensa mundial, designadamente nas grandes revistas mundiais Life, Time e Paris Mach.
Trata -se de uma mostra documental que evidencia toda a odisseia que impressionou a opinião pública mundial durante duas semanas, aproximadamente, a partir das múltiplas manchetes que o caso suscitou, até à entrega do navio a 3 de Fevereiro de 1961, no norte do Brasil.
O paquete de luxo Santa Maria, que várias vezes ancorou no Funchal, transportava cerca de mil pessoas depois de deixar Caracas, na Venezuela, quando foi tomado por 25 rebeldes comandados por Henrique Galvão. Este dissidente de Salazar encontrava-se exilado na Venezuela, após uma singular fuga do Hospital de Santa Maria, em 1959, onde se encontrava detido à guarda da PIDE (polícia política do regime ditatorial).
Depois de ter sido tomado por Galvão, o navio passou a autodenominar-se “Santa Liberdade”, ostentando tal denominação, em diferentes partes do convés. Além disso, o paquete conseguiu fintar a marinha e a aviação americanas, tendo navegado incógnito, durante milhas, em pleno oceano Atlântico, com rota orientada para África. A ação denominava-se “Dulcineia” e fora desencadeada pela DIRL (Direcção Ibérica Revolucionária de Libertação), organização que integrava exilados portugueses e espanhóis, associada ao movimento de Humberto Delgado.
Em termos jornalísticos, o caso mobilizou meios nunca utilizados até aquela altura, como foi o uso de pára-quedas por jornalistas do Paris-Match.
A montagem da exposição é da responsabilidade do Museu Nacional da Imprensa. Ficará patente até 30 de abril.

21 /Jan/ 2014


TOPO ^

 

 

  

Museu da Imprensa aberto
no Natal e “Ano Novo”

“Manoel de Oliveira, 105 revistas”, o PortoCartoon/2013 e a evocação do 25 de Abril são as três principais exposições do Museu Nacional da Imprensa que estará aberto nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro.
Dando cumprimento a um plano desencadeado logo na abertura, em 1997, no sentido de ter as portas abertas 365 dias ao ano, aquele museu voltará a acolher, nos feriados, os visitantes que queiram desfrutar do “prazer da cultura”, seu lema.
Além de poderem imprimir textos e gravuras, os visitantes dispõem de outras exposições patentes naquele “museu vivo” da cidade do Porto, designadamente “Miniaturas Tipográficas”, “Memórias Vivas da Imprensa” e “PortoCartoon, o Riso do Mundo” na Galeria Internacional do Cartoon.

Em permanência está, também, no aeroporto do Porto a exposição “Manoel de Oliveira no Humor Mundial”, baseada no prémio especial de caricatura do PortoCartoon/2013.
Entretanto, decorre até ao final do mês de dezembro a votação para o prémio do público do PortoCartoon deste ano, subordinado ao tema ‘Liberdade, Igualdade e Fraternidade’. A votação faz-se no museu e na Internet: www.cartoonvirtualmuseum.org
O Museu Nacional da Imprensa, instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo, está aberto das 15h às 20h.

10/Dez/2013


TOPO ^

 

 

   

Manoel de Oliveira
tem ‘humor mundial’ no Aeroporto do Porto

A partir do dia 11 de dezembro, o aeroporto Sá Carneiro, no Porto, vai ter patente a exposição “Manoel de Oliveira no humor mundial”, organizada pelo Museu Nacional da Imprensa.

A mostra de caricaturas baseia-se no prémio especial lançado este ano no PortoCartoon-World Festival e dedicado expressamente ao cineasta. Estarão patentes mais de trinta desenhos, de diferentes países, como Alemanha, Brasil, Colômbia, Espanha, Irão, Itália, Portugal, Suíça, Turquia e Ucrânia.

A exposição está inserida num conjunto de iniciativas com que o Museu Nacional da Imprensa assinala os 105 anos de Manoel de Oliveira.

Até 10 de março de 2014.

17/Dez/2013


TOPO ^

 

 

  

Museu da Imprensa celebra
105 anos de Manoel de Oliveira com revistas, jornais e humor

A presença de Manuel de Oliveira na imprensa nacional e estrangeira vai ser assinalada pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI), numa exposição a inaugurar na próxima 4ª feira, 11, às 15,30, precisamente no dia do 105º aniversário do cineasta. O vereador de Cultura do Porto, Paulo Cunha e Silva, e Regina Guimarães estarão presentes.
A exposição, denominada “Manoel de Oliveira, 105 revistas”, está enquadrada por dezenas de jornais que falam do cineasta há cerca de 80 anos. Além de muitas revistas portuguesas (Seara Nova, Movimento, Cinema Novo, Grande Ilusão, entre outras), a mostra apresenta várias publicações francesas, como os Cahiers du Cinéma, Beaux Arts, L’Avant Scène Cinéma, Supl. Cinéma do Libération e L’Acchiappa Film. Todas as publicações abordam a atividade do cineasta natural do Porto. Em várias revistas portuguesas estão patentes textos de José Régio, Adolfo Casais Monteiro, Jorge Sena e José Gomes Ferreira sobre Manoel de Oliveira e os seus filmes.
Trata-se de uma exposição inédita que reúne, pela primeira vez, um acervo jornalístico tão alargado sobre o cineasta. A mostra, coordenada pelo diretor do MNI (Luís Humberto Marcos), assinala críticas, entrevistas e reportagens publicadas ao longo de várias décadas.

Na inauguração desta exposição será apresentado um sítio para a internet sobre a vida e obra do cineasta mais velho do mundo ainda em atividade. Manoel de Oliveira está, neste momento, apenas à espera de meios financeiros para filmar “O Velho do Restelo”. O sítio, ainda em versão experimental, é desenvolvido com a colaboração do Instituto Multimédia.

No mesmo dia 11, ficará também patente no aeroporto do Porto, a exposição “Manoel de Oliveira no humor mundial”, baseada no Prémio Especial de Caricatura dedicado ao cineasta, no âmbito do PortoCartoon 2013.

O Museu está instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo e a cinco minutos da Estação CP/Metro de Campanhã.
Horário: todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 15h às 20h.

09/Dez/2013


TOPO ^

 

 

   

Museu da Imprensa assinala
105 anos de Manoel de Oliveira
Exposição inédita no Porto, humor no aeroporto

O Museu Nacional da Imprensa vai assinalar o 105º aniversário do cineasta Manoel de Oliveira com um conjunto de iniciativas dentro e fora das suas instalações, a partir de 11 de dezembro.
A mais significativa é a exposição “Manoel de Oliveira, 105 revistas” que ficará patente no Museu até 10 de março de 2014, mostrando a diversidade de abordagens jornalísticas sobre o cineasta e sua imensa obra. Além de muitas revistas portuguesas, a expo apresenta várias publicações francesas, como os Cahiers du Cinéma, Beaux Arts, L’Avant Scène Cinéma, Supl. Cinéma do Libération e L’Acchiappa Film. Todas as publicações abordam a atividade do cineasta natural do Porto. Em várias revistas portuguesas estão patentes textos de José Régio, Jorge Sena, Adolfo Casais Monteiro e José Gomes Ferreira sobre Manoel de Oliveira. Além das 105 revistas, esta exposição inédita, coordenada por Luís Humberto Marcos (diretor do Museu), mostra uma larga diversidade de jornais sobre a vida e obra do cineasta.

Em termos externos, haverá outra iniciativa relevante: a exposição “Manoel de Oliveira no humor mundial” no Aeroporto de Sá Carneiro. A exposição de humor baseia-se no prémio especial de caricatura lançado este ano no PortoCartoon-World Festival e dedicado expressamente ao cineasta. Estarão patentes mais de trinta desenhos, de diferentes países, como Alemanha, Brasil, Colômbia, Espanha, Irão, Itália, Portugal, Suíça, Turquia e Ucrânia.

O Museu está instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo e a cinco minutos da Estação CP/Metro de Campanhã.

Horário: todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 15h às 20h.

05/Dez/2013


TOPO ^

 

 

  

PortoCartoon lança tema 2014 - Água Viva / Terra Viva
Nélson Mandela e Siza Vieira são prémios especiais de Caricaturas

O tema “Água Viva / Terra Viva” vi servir de mote para o PortoCartoon - World Festival de 2014, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa.
O regulamento acaba de ser lançado e apresenta as figuras emblemáticas de Mandela e Siza Vieira para prémio especial de caricatura.
Como se pode ler no Regulamento do PortoCartoon 2014, (http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
xvi_portocartoon_reg_2014.pdf
) “a água está a tornar-se não só escassa, como alvo da onda de privatização global” e “um pouco por todo o mundo, vários países estão a perder a soberania sobre a água”. Considerando que a água é um património comum da humanidade, os organizadores do PortoCartoon sublinham a importância do “alerta do humor” para a proteção mundial do ‘ouro azul’.

Mandela e Siza

Nesta 16ª edição do PortoCartoon é retomada a linha dos prémios especiais de caricatura lançados na edição anterior.
A justificação é clara para as escolhas de Nélson Mandela e Siza Vieira.
O PortoCartoon quer, em primeiro lugar, homenagear o ‘nobel da paz’ e primeiro líder negro a assumir a presidência da África do Sul (1994-1999), depois de mais de 25 anos de prisão sob o regime de apartheid. Com o outro prémio especial de caricatura, pretende celebrar a obra do prestigiado arquiteto que conquistou mais de trinta prémios internacionais, com destaque para o Prémio Pritzker/Chicago (considerado o ‘nobel da arquitetura’).

Esta iniciativa do Museu Nacional da Imprensa começou em 1998, precisamente com o tema das “Descobertas” (inaugurado pelo Presidente Jorge Sampaio em 1999) e tem colocado Portugal no pódio do cartoon mundial. No conjunto das quinze edições anteriores participaram mais de 7000 cartunistas, dos cinco continentes.
O PortoCartoon tem tido a particularidade de ser subordinado anualmente a um tema de grande relevo internacional. A última edição foi dedicada aos valores republicanos da “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”. Das edições anteriores destacam-se: o Desporto, Gutenberg, a Globalização, os Direitos Humanos, as Crises, ‘Aviões e Máquinas Voadoras’, “Comunicação e Tecnologias” e “liberdade, Igualdade e Fraternidade”.

29/Nov/2013


TOPO ^

 

 

  

PortoCartoon leva Liberdade
à cadeia de Custóias

O Museu Nacional da Imprensa apresenta, a partir do próximo dia 25 de novembro, na Biblioteca Estabelecimento Prisional do Porto (Custóias) uma extensão da exposição de humor "Liberdade, Igualdade e Fraternidade", patente no Museu desde fins de junho.
A mostra apresenta os premiados, as menções honrosas e trabalhos finalistas do
XV PortoCartoon-World Festival, organizado anualmente pelo Museu Nacional da Imprensa.
Estão representados desenhos de artistas de países tão diversos como Bélgica, China, Espanha, França, Irão, México, Portugal, Reino Unido, Sérvia, Síria e Ucrânia.
A 15ª edição do PortoCartoon incluiu ainda os Prémios Especiais Manoel de Oliveira e José Saramago.
Esta é a terceira exposição do MNI naquele estabelecimento prisional e ficará patente até 31 de dezembro.

25/Nov/2013


TOPO ^

 

 

   

Onda poética do Porto para o Mundo
Museu da Imprensa celebra 70º aniversário
de Manuel António Pina

O Museu Nacional da Imprensa (MNI) vai assinalar, com uma 'onda poética', o 70º aniversário do nascimento do poeta e escritor Manuel António Pina, Prémio Camões 2011.

A iniciativa começa no Museu, às 10,30, de 2ª feira, com a leitura e impressão de poemas do homenageado, numa sessão que será presidida pelo novo vereador da Cultura do Porto, Paulo Cunha e Silva.

Intitulada “7 X 10 - Homenagem a Manuel António Pina”, a evocação inclui um périplo poético que, do Museu, passa para a 'zona dos leões' (às 12, 12.,30 e 13 H: padaria Ribeiro, Livraria Lello e café 'Piolho'), continuando na estação de metro da Trindade (18 H) e terminando nos cafés Orfeuzinho (19 H) e Convívio (20 H). Em cada local serão lidos dez poemas, por diferentes atores de teatro e jovens dizedores. Em alguns locais serão descerradas placas para perpetuar a homenagem.

No café Convívio a leitura de poemas será encerrada pelo Ator António Capelo.

Neste local, haverá também um momento de fado, com Helena Sarmento, que interpretará “saudades da Prosa, de Manuel António Pina.

Esta iniciativa do Museu Nacional da Imprensa será acompanhada do lançamento de milhares de panfletos com poemas de MAP, em diversos locais da cidade do Porto.

Para a sessão do Museu estão reservadas algumas novidades relacionadas com o prolongamento da evocação da obra de Manuel António Pina.

Extensão ao 'mundo lusófono'

Além das atividades preparadas para o Porto, o MNI alargou o campo evocativo para o espaço de língua portuguesa, convocando a mais diversas instituição a integrarem a 'onde poética' em favor de Manuel António Pina.

Neste contexto, o Instituto Camões e a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento associaram-se à iniciativa, de forma a suscitar o interesse de escolas, centros de português e universidades dos mais diversos países. Prevê-se, assim, que no dia 18, em diversos pontos do mundo, diferentes pessoas leiam alguns dos dez poemas que receberam do Museu.

Da mesma maneira, centenas de escolas e universidades portuguesas do Continente e Regiões Autónomas foram sensibilizadas para esta evocação do 70º aniversário do nascimento de Manuel António Pina que, durante nove anos, integrou o Júri do Concurso de Textos de Amor do MNI.

A Palavra dos Tradutores no auditório do JN

O programa de evocação do 70º aniversário de MAP inclui também um encontro de tradutores de Manuel António Pina. A sessão - A Palavra dos Tradutores - colocará em debate a posição de quatro especialistas: António Saez Delgado, Gabriel Sampol, Regina Guimarães e Perfecto Cuadrado Fernandez Inicia-se à 17 horas, de 2ª feira, no auditório do Jornal de Notícias e será seguida da atuação do Grupo de Susana Ralha, com a peça “O Beco dos Gambozinos”, escrita pelo homenageado.

Esta sessão é organizada conjuntamente pelo JN e MNI.

Exposição “Lugares" em Sabugal

No âmbito destas comemorações, o MNI abre no dia 17 de novembro, domingo, no Museu Municipal do Sabugal, a exposição "Lugares", evocando Manuel António Pina na sua terra natal.

Nascido a 18 de novembro de 1943, o jornalista e escritor deixou uma vasta obra literária, pela qual recebeu o maior galardão de língua portuguesa: o Prémio Camões, em 2011. Todavia, foi sobretudo no Jornalismo que exerceu a sua atividade profissional, durante mais de 40 anos. Jornalista do JN desde 1971, colaborou em diferentes publicações como a Visão, a Notícias Magazine e o JL.

A mostra concebida pelo Museu Nacional da Imprensa é composta por cinco núcleos: Infância, Literatura Infanto-Juvenil, Teatro, Poesia e Jornalismo. Ficará patente até 31 de janeiro de 2014 e servirá de base a um Concurso Escolar dirigido a todas as escolas do distrito da Guarda.

14/Nov/2013


TOPO ^

 

 

 

Sabugal recebe Exposição
de Homenagem a Manuel António Pina

O Museu Municipal do Sabugal vai inaugurar, no próximo domingo, às 16h, uma exposição de homenagem ao jornalista e escritor Manuel António Pina.
Nascido a 18 de novembro de 1943, no Sabugal, Manuel António Pina deixou uma vasta obra literária – pela qual recebeu, entre outros, o Prémio Camões em 2011 - mas foi sobretudo no Jornalismo que exerceu a sua atividade profissional, durante mais de 40 anos. Foi jornalista do JN desde 1971 e colaborou em diferentes publicações como a Visão, a Notícias Magazine e o JL.
A mostra organizada pelo Museu Nacional da Imprensa denomina-se “Lugares-Homenagem a Manuel António Pina” e é composta por cinco núcleos: Infância, Literatura Infantil, Teatro, Poesia e Jornalismo.
A exposição assinala o 70º aniversário do autor e ficará patente até 31 de janeiro de 2014.
Associado à exposição decorrerá, no esmo período, um Concurso Escolar dirigido às Escolas do distrito da Guarda. Os melhores trabalhos serão premiados com dezenas de livros para as bibliotecas das escolas vencedoras.


13/Nov/2013


TOPO ^

 

 

  

Manuela de Azevedo
lança livro aos 102 anos

O novo livro de Manuela de Azevedo, Sinfonia Completa, vai ser lançado na Livraria Bertrand, Chiado, no dia 22 de novembro, às 18 horas, com sessão de autógrafos. Senhora de uma memória extraordinária e ainda muito lúcida, a jornalista e escritora falará da sua obra, durante a apresentação do livro.
Esta obra, editada pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI), reúne nove contos e será apresentada pelo diretor do Museu, Luís Humberto Marcos.
Trata-se do segundo livro de Manuela de Azevedo, depois de ter feito 100 anos, em Agosto de 2011. Para trás ficam mais de trinta obras literárias, entre poesia, teatro, ensaio e ficção, algumas delas premiadas.
Manuela de Azevedo é um caso raro de longevidade literária. Admitindo-se que esta seja a sua última obra, a Sinfonia Completa fecha um ‘tríptico’ composto de ‘Filhos de Deus’ e ‘Filhos do Diabo’. Em síntese, o novo livro vem coroar uma atividade intensa no jornalismo, na literatura e na dinamização cultural, de que é exemplo mais assinalável a Casa de Camões, em Constância, distrito de Santarém.
A distribuição da obra está a cargo do Grupo BertrandCirculo.

08/11/2013


TOPO ^

 

 

   

Museu da Madeira recebe
Gutenberg com humor

O Museu de Imprensa-Madeira, em Câmara de Lobos, abriu ao público no dia 16 de Setembro, com uma exposição temporária intitulada "Gutenberg no Cartoon Internacional".
Trata-se de uma mostra com uma centena de peças do PortoCartoon-World Festival, um dos mais importantes concursos mundiais de humor, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI).

Os desenhos expostos, originais, mostram diferentes técnicas plásticas aliadas ao humor e à sátira, sempre presentes no cartoon e na caricatura. As obras evidenciam ainda a importância da "descoberta" da imprensa de caracteres móveis, a evolução da mesma ao longo dos séculos e a importância que os jornais detêm nos nossos dias, bem como a censura de que por vezes são alvo.
Os desenhos pertencem a cartunistas de vários países, dentre os quais destacamos: Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Croácia, Espanha, Inglaterra, Irão, Rússia, Roménia, Turquia e Ucrânia.

Alguns dos trabalhos apresentados já estiveram patentes em exposições do Museu Nacional da Imprensa, em diversos países como Brasil e Argentina.
Cerca de metade da exposição, comissariada pelo diretor do MNI, Luís Humberto Marcos, contém desenhos que serviram para assinalar o 600º aniversário do nascimento de Gutenberg, em 2001.


A montagem desta exposição no Museu de Imprensa da Madeira assinala uma linha de trabalho de parceria com o MNI, com sede no Porto, numa perspetiva de internacionalização ligada ao turismo da Madeira.

A exposição ficará patente ao público até 31 de Janeiro de 2014.

 

19/Sep/2013


TOPO ^

 

 

   

Cartoons sobre Gutenberg
no Aeroporto da Madeira

O Aeroporto da Madeira mostra, no átrio das chegadas, alguns dos melhores cartoons que estão patentes no
Museu de Imprensa da Madeira: "Gutenberg no Cartoon Internacional".
Trata-se de uma mostra com duas dezenas de peças do PortoCartoon-World Festival, um dos mais importantes concursos mundiais de humor, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI).
Situado na cidade de Câmara de Lobos, o museu apresenta cerca de cem desenhos originais sobre o ‘pai da imprensa’, a evolução do invento e a sua importância civilizacional.
Os desenhos expostos mostram diferentes técnicas plásticas aliadas ao humor e à sátira, sempre presentes no cartoon e na caricatura. As obras evidenciam ainda a importância da "descoberta" da imprensa de caracteres móveis, a evolução da mesma ao longo dos séculos e a importância que os jornais detêm nos nossos dias, bem como a censura de que por vezes são alvo.
Os desenhos pertencem a cartunistas de vários países, dentre os quais destacamos: Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Croácia, Espanha, Inglaterra, Irão, Portugal, Rússia, Roménia, Turquia e Ucrânia. Alguns dos trabalhos apresentados já estiveram patentes em exposições do Museu Nacional da Imprensa, em diversos países como Brasil e Argentina. Esta exposição mostra alguns dos melhores cartoons que estão patentes no novo Museu de Imprensa da Madeira, situado em Câmara de Lobos.
A exposição original tem a marca do PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa desde 1998. É uma homenagem a Gutenberg e, ao mesmo tempo, um hino ao humor.

Até 31 de Outubro.

 

 

19/Sep/2013


TOPO ^

 

 

    

Sinfonia Completa
livro de contos de Manuela de Azevedo

A escritora e jornalista Manuela de Azevedo prepara-se para lançar um novo livro: Sinfonia Completa. São vários contos com que quer fechar – diz ela – a sua carreira literária, pela mão do Museu Nacional da Imprensa (MNI). A 31 de agosto fará 102 anos.

Os nove contos que integram esta nova obra da autora deixam patentes os traços literários de uma escrita leve e direta de quem lidou com a urgência da palavra, na prática de setenta anos de jornalismo. A obra tem um posfácio assinado por Luís Humberto Marcos, diretor do MNI.

Esta será a sua segunda obra depois de ter feito 100 anos, em Agosto de 2011. Para trás ficam mais de trinta obras literárias, entre poesia, teatro, ensaio e ficção, algumas delas premiadas.

Manuela de Azevedo é um caso raro de longevidade literária. Admitindo-se que esta seja a sua última obra, a Sinfonia Completa fecha um ‘tríptico’ composto de ‘Filhos de Deus’ e ‘Filhos do Diabo’. Em síntese, vem coroar uma atividade fervilhante no jornalismo, na literatura e na dinamização cultural, de que é exemplo mais assinalável a Casa de Camões, em Constância, distrito de Santarém.


30/Ago/2013


TOPO ^

 

 

    

Nova escultura reforça
a 'capital do cartoon'

Uma nova escultura do PortoCartoon foi inaugurada no dia 2 de Agosto, , na zona da Asprela, Porto. Integra-se na designação do Porto como 'Capital do Cartoon' e corresponde ao trabalho escultórico de Fernando Saraiva sobre o desenho vencedor do Grande Prémio do PortoCartoon 2013.

A escultura ficará implantada junto da Faculdade de Medicina Dentária, entre as duas entradas do Metro do Pólo Universitário do Porto.

Trata-se da sexta escultura no quadro de um projeto do Museu Nacional da Imprensa (MNI) e da Câmara Municipal do Porto que visa criar um roteiro turístico à volta de esculturas de humor que anualmente são implantadas na cidade. Para este projeto lançado em 2008 pelo MNI, já contribuíram criativamente Alvaro Siza Vieira, Acácio de Carvalho, Zulmiro de Carvalho, Carlos Marques e Carlos Barreira.

A escultura a inaugurar baseia-se no desenho de Miro Stefanovic (Sérvia) sobre o tema 'Liberdade , Igualdade e Fraternidade" e tem cerca de dois metros de altura

 

 

2/Ago/2013


TOPO ^

 

 

   

Museu de Imprensa - Madeira
Inaugurado a 1 de Agosto

O Museu de Imprensa da Madeira, situado em Câmara de Lobos, inaugurado no dia 1 de Agosto, abrirá ao público a 17 de setembro.

O novo espaço museológico fica instalado no edifício da Biblioteca de Câmara de Lobos, e apresenta um considerável património histórico, com equipamentos e máquinas originais dos séculos XIX e XX.

O projeto museográfico, desenhado por Luís Humberto Marcos, Diretor do Museu Nacional da Imprensa, contempla a história de imprensa da Madeira, cujo primeiro jornal é de 1821, e faz uma homenagem às grandes figuras que em todo o mundo valorizaram a imprensa.





1/Ago/2013


TOPO ^

 

 

  

PortoCartoon em votação internacional

Acaba de ser lançada no ciberespaço a urna digital destinada à votação on-line para a escolha do Prémio do Público do PortoCartoon 2013, subordinado ao tema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”.
A participação dos cibernautas pode ser feita no Museu Virtual do Cartoon (http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
f_portocartoon_2013_vote.htm), uma iniciativa integrada no XV PortoCartoon-World Festival, do Museu Nacional da Imprensa.

Trata-se de uma votação a nível mundial, na qual os cibernautas podem escolher o melhor cartoon, de 19 concorrentes, independentemente da votação do júri feita em Abril deste ano.

O autor do desenho mais votado será convidado para uma exposição individual em 2014, em Portugal.

Esta votação pública foi estabelecida em 2006, tendo havido já sete vencedores de continentes diferentes: Ludo Goderis (Bélgica), Ronaldo (Brasil), Guo Zhong (China), Zygmunt Zaradkiewicz (Polónia), Santiagu (Portugal), Ronaldo (Brasil) e Fernando Camarneiro (Portugal). A exposição de Camarneiro está neste momento patente no centro comercial Dolce Vita/Porto.

Os desenhos candidatos podem ser vistos em pormenor antes da votação on-line, sendo a respetiva lista constituída pelos premiados e finalistas, escolhidos pelo júri internacional do concurso presidido por Peter Nieuwendjik, presidente-geral da FECO.

Os desenhos em disputa foram recebidos de países tão diferentes como Bélgica, Colômbia, Holanda, Inglaterra, Irão, Israel, Luxemburgo, Polónia, Roménia, Sérvia, Ucrânia e Uzbequistão.

Os portugueses António Santos (Santiagu), e Telmo Quadros Ferreira, ambos com trabalhos finalistas, também estão em votação.

A escolha do público decorre até o final de Dezembro.

29/Jul/2013


TOPO ^

 

 

 

15º PortoCartoon-World Festival

Centenas de obras em seis exposições

Abre no dia 23 de junho a mostra do PortoCartoon 2013 -, que reúne cerca de 400 desenhos vindos de todo o mundo. Distribuídos por 800m2, entre a Galeria Internacional do Cartoon e a Galeria de Exposições Temporárias, poderão ser vistos os melhores trabalhos selecionados pelo Júri internacional. Em apreciação estiveram cerca 1700 obras, de mais de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. O Irão é o país com maior participação: 121 trabalhos, de 41 cartunistas. Seguem-se a Roménia, a Sérvia, a Turquia, Portugal e Bélgica.
A 15ª edição do PortoCartoon, subordinada ao tema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”, inclui ainda os Prémios Especiais Manoel de Oliveira e José Saramago.
Estará patente até final de dezembro.

Festa da Caricatura

A Festa da Caricatura vai decorrer no dia 22 de junho, no Edificio Montepio (Av. Aliados) entre as 15 e as 19 horas, numa iniciativa apoiada pela Câmara Municipal do Porto.
Vários caricaturistas nacionais e estrangeiros, designadamente os principais premiados da edição deste ano, estarão presentes para fazerem um ‘boneco humorístico’ a quem quiser posar para eles na Festa da Caricatura. Será uma oportunidade especial para o contacto pessoal com o cartunista sérvio Miro Stefanovic, vencedor do Grande Prémio. Outros artistas da Alemanha, Bélgica, Colombia, Escócia, México, além de Portugal, estarão na Festa da Caricatura, contributo do Museu Nacional da Imprensa para a internacionalização das festas sanjoaninas.

Exposições: Prémio Público 2012, Salão de Humor de Piracicaba e Exposição de humor fotográfico Foto Click

O PortoCartoon 2013 apresenta ainda três exposições especiais que vão inaugurar nos dias 22 e 23 de junho: uma, antológica, mostra os melhores trabalhos do português Fernando Camarneiro, vencedor do Prémio do Público 2012 – no Dolce Vita Porto (22 de junho); outra, do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (S. Paulo), festival com o qual o PortoCartoon tem um protocolo de cooperação – no Via Catarina (23 de junho); e uma exposição de humor fotográfico – “Foto Click”, de Francisco Puñal, cartunista cubano..
O “Prémio do Público” - correspondente à votação de cibernautas e visitantes - foi ganho, nas anteriores edições, por artistas da Bélgica, Brasil, China, Polónia e Portugal.


Rua do PortoCartoon e Escultura

A Rua 31 de Janeiro recebe uma designação toponímica provisória: Rua do PortoCartoon 2013.

A denominação é feita em articulação com a Câmara Municipal do Porto

No dia 22 de Junho, pelas 19.30h, junto da Faculdade de Medicina Dentária, entre as duas entradas do Metro do Pólo Universitário do Porto, vai ser inaugurada uma escultura alusiva ao Grande Prémio da edição deste ano do PortoCartoon – Miro Stefanovic (Sérvia). O autor da peça é o Escultor Fernando Saraiva.
Esta implantação acontece no âmbito da proclamação do “Porto-Capital do Cartoon” feita em 2008, em articulação com a CMP, e que visa a criação de um roteiro turístico à volta do cartonn.

29/Maio/2013


TOPO ^

 

 

   

PortoCartoon
em Santiago de Compostela

O PortoCartoon-World Festival vai estar patente no XIII Congresso IBERCOM, que se realiza na Facultade de Ciencias da Comunicación, da Universidade de Santiago de Compostela

A mostra – “Comunicação, Cultura e Poder”, que será inaugurada no dia 29 de maio, é constituída por 30 trabalhos, de outros tantos cartunistas, de 14 países. Os desenhos foram selecionados de milhares recebidos ao longo das quinze edições do PortoCartoon.

Esta exposição mostra, na diversidade das abordagens, a arte da comunicação que nos ajuda a compreender o mundo. Desde a pequenez do gesto manipulado ao cetro simbólico, passando pelas asas de uma paz-metralha, a presença das tecnologias é forte e larga.

Através do humor patenteado nas mostras, o Museu Nacional da Imprensa, organizador do PortoCartoon, pretende reforçar a multiculturalidade que faz parte da própria natureza do festival, como ponte entre culturas, países e regiões. Recorda-se que o troféu do PortoCartoon é precisamente uma ponte desenhada por Siza Vieira, na altura em que a cidade do Porto foi também designada “capital do cartoon”



29/Maio/2013


TOPO ^

 

 

 

Museu da Imprensa
promove visita guiada

O Museu Nacional da Imprensa vai promover uma visita guiada à exposição sobre Manuel António Pina – A Luz das Palavras – com o jornalista e pintor Agostinho Santos, no domingo, dia 19, às 17h.
Como já foi noticiado, parte da mostra apresenta dezenas de trabalhos plásticos na secção denominada “Pina na Paleta de Agostinho”.
A visita integra-se nas comemorações do Dia Internacional dos Museus e passará pelas
45 peças de Agostinho, entre desenhos, telas e esculturas. Colega e amigo de Manuel A. Pina, Agostinho fez a primeira exposição plástica integralmente dedicada ao jornalista e escritor falecido a 19 de Outubro de 2012.

A exposição “A Luz das Palavras” ficará patente até 31 de maio de 2013.

O Museu está instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo e a cinco minutos da Estação CP/Metro de Campanhã.
Horário: todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 15h às 20h.

1710/Maio/2013


TOPO ^

 

 

 

   

Exposição e palestra
Vasco Lourenço aborda
40 anos do “25 de Abril”
nono Museu Nacional da Imprensa

O Museu Nacional da Imprensa vai começar a comemorar os 40 anos do 25 de Abril no próximo dia 28 de Abril (domingo), às 16 horas, com uma palestra de Vasco Lourenço e a abertura de uma exposição especial.r>O ‘capitão de abril’ falará sobre o estado do país durante a agonia da ditadura, do ‘Movimento das Forças Armadas’, como força libertadora, e dos anseios do povo português.
A palestra do Presidente da Associação 25 de Abril antecede a abertura da exposição dedicada aos 40 anos da ‘revolução dos cravos’ que reunirá jornais, cartazes, fotografias, livros e discos, além de provas de censura. A exposição intitula-se “25 de Abril, 40 anos” e tem uma matriz dinâmica, crescendo à medida que o tempo avança. Mensalmente serão acrescentadas novas peças até ao 25 de Abril de 2014.

Coordenada pelo diretor do Museu, a mostra começa com um conjunto de peças censuradas há 40 anos e relativas a acontecimentos de 1973, cuja divulgação o regime ditatorial controlava através da Comissão de Exame Prévio, designação que substituiu a Comissão de Censura imposta por Oliveira Salazar.

A exposição abre no espaço nobre do museu, junto das relíquias tipográficas, e irá espalhar-se progressivamente por outros espaços, designadamente pela Galeria de Exposições Temporárias.
Ficará patente até 31 de Maio de 2014 e ao longo da sua permanência haverá outras conferências-debate no auditório do Museu Nacional da Imprensa.

17/Abr/2013

   

TOPO ^

 

 

  

Festa do Livro FNAC
Museu da Imprensa
homenageia M. A. Pina



O Museu Nacional da Imprensa vai fazer uma sessão de homenagem a Manuel António Pina, no dia 13 de Abril (sábado), pelas 18 horas, no âmbito da Festa do Livro da FNAC Gaia Shopping.


Além da apresentação da obra daquele jornalista e escritor falecido em 2012, haverá leitura de poemas e outros textos de amor. A sessão conta com a presença do Diretor do Museu do jornalista e pintor Agostinho Santos, do encenador João Luís e dos dizedores de poesia Ana Queirós, Débora Paiva e Júlio Couto. A iniciativa visa espalhar a poesia e obra de M.A. Pina.

Referira-se que o museu tem patente uma exposição documental dedicada ao homenageado . “A Luz das palavras” é o título da mostra que engloba várias iniciativas.
A exposição documental destaca três vertentes - Jornalismo, Poesia, Literatura Infantil - e apresenta dezenas de peças. Integrada nessa mostra está também uma exposição de Agostinho Santos, colega e amigo de Manuel António Pina.
No seu conjunto, as exposições ficarão patentes até 31 de maio de 2013.

11/Abr/2013


TOPO ^

 

 

 

Artista Servio vence
PortoCartoon 2013




Grande Prémio - Miro Stefanovic, Sérvia
"Ship"

2º Prémio - Angel Boligan, México
"Atrapados"

3º Prémio - Willem Rasing, Holanda
"Libertea"

Menção Honrosa - Lucv Descheemaeker - Bélgica
"Dilemma"

Menção Honrosa - Luc Vernimmen - Bélgica
s/título

Menção Honrosa - Mahmoudi Houmayoun, Inglaterra
"Liberty"

Menção Honrosa - Alex Bartfeld - Israel
"Libre"

Menção Honrosa - Pawel Stanczyk - Polónia
"Liberty Equality Fraternity"

Menção Honrosa - Julian Penapai, Roménia
"Opening Ceremony"

Menção Honrosa - Mihai Ignat, Roménia
s/titulo

Menção Honrosa - Vladimir Kazanevsk, Ucrânia
s/ título

Miro Stefanovic, da Sérvia, foi o vencedor do Grande Prémio do XV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, e subordinado ao tema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade". O trabalho vencedor tem por título “Shipwreck” (‘Naufrágio’).

O segundo Prémio, intitulado “Atrapados”, foi atribuído a Boligán (artista cubano radicado no México) e o terceiro – “Libertea” - a Wilem Rasing, da Holanda.

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir ainda oito Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (duas), Inglaterra, Israel, Polónia, Roménia (duas) e Ucrânia.

A edição deste ano contemplou dois prémios especiais de homenagem ao cineasta Manoel de Oliveira (que este ano fará 105 anos) e ao prémio nobel José Saramago. Os vencedores foram respetivamente Mauricio Parra, da Colômbia, e a Ivan Prado, autor peruano residente na Alemanha.

A oportunidade do tema central do PortoCartoon 2013 e a elevada qualidade de grande parte dos participantes foi sublinhada pelos membros do Júri, na conferência de imprensa dada no dia 8 de abril.

Em apreciação estiveram cerca 1700 obras, de mais de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. O Irão é o país com mais participação: 121 trabalhos, de 41 cartunistas. Seguem-se a Roménia, a Sérvia, a Turquia, Portugal e Bélgica.
Com esta 15ª edição, o Portocartoon reforça o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuida em 2008.

O Júri internacional do XV PortoCartoon, presidido por Peter Nieuwendijk, Presidente-geral da Feco (Holanda) e integrou Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha), Francisco Laranjo, diretor da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, diretor do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.

Os vencedores do XV PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, a 23 de junho, aquando das Festas do S. João.

Várias centenas de milhares de visitantes já viram as catorze edições do PortoCartoon realizadas nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, e nas diferentes cidades por onde passaram as exposições: Argentina, Bolívia, Brasil, França, Espanha e México.

09/Abr/2013


Júri, na conferência de imprensa
de apresentação dos premiados
Júri, na conf. / imp. de apresentação de prémios

Júri, na conf./ imp. de apresentação de prémios

Manuel de Oliveira: 1º Prémio - Ivan Prado, Alemanha

Manuel de Oliveira: 2º Prémio - António Santos, Portugal

Manuel de Oliveira: 3º Prémio - Catarina Morais, Portugal

Saramago: 1º Prémio - Mauricio Parra,
Colombia

Saramago: 2º Prémio - Abraham Averbuch,
Israel

Saramago: 3º Prémio - Victor Emmanuel Becerra, México


TOPO ^

 

 

   

Aeroporto do Porto
adere ao Humor 3D



UUma exposição de esculturas PortoCartoon: Humor 3D vai estar patente no “Memorial” (exterior do Terminal Topo Norte) do Aeroporto do Porto, a partir do dia 8 de Abril, por iniciativa do Museu Nacional da Imprensa/PortoCartoon.

Com esta exposição, o Aeroporto do Porto inaugurará também estruturas expositivas recentemente construídas na parte exterior da aerogare. Algumas das peças escultóricas simbolizam a capacidade do ser humano voar, mas todas expressam a força universal do humor e do riso. Quase todas as obras de arte são premiadas do PortoCartoon-World Festival. Seis delas são de autores portugueses: Agostinho Santos, Augusto Cid e Fernando Saraiva.

A exposição inscreve-se na caracterização que foi dada ao Porto em 2008: Capital do Cartoon. Desde esta altura, anualmente, é colocada uma escultura de humor na cidade, em articulação com a Câmara Municipal do Porto. Dentro de pouco tempo ter-se-á um roteiro da cidade baseado nas esculturas humorísticas. Além disso, o símbolo criado pelo arquiteto Siza Vieira para o PortoCartoon faz do cartoon uma ponte de culturas, simbologia que o Museu Nacional da Imprensa tem dinamizado através das suas exposições sobre o ‘riso do mundo’.

Registe-se que o MNI gere o único espaço museológico português dedicado ao cartoon: a Galeria Internacional do Cartoon. Tal como o Museu, está aberta todos os dias, das 15 às 20 horas.

04/Abr/2013




TOPO ^

 

 

   

Aeroporto do Porto
Exposição de humor
celebra Dia Mundial dos Museus de Cartoon

Uma exposição de cartoon vai estar patentes no Aeroporto do Porto a partir do dia 3 de Abril, por iniciativa do Museu Nacional da Imprensa/PortoCartoon. Esta é uma forma de assinalar o primeiro ‘dia mundial dos museus de cartoon’, na sequência de uma decisão tomada em 2012, na Bélgica, durante um encontro de museus de humor no qual o MNI participou.

A mostra – ‘Viagens com Humor’ – reúne meia centena de desenhos alusivos a viagens, em especial de avião, e ficará patente dentro da aerogare, na zona de chegadas, próximo do ‘meeting point’.

Esta exposição inscreve-se na caracterização que foi dada ao Porto em 2008: Capital do Cartoon.
Alguns dos desenhos foram premiados nas catorze edições do PortoCartoon-World Festival.

Registe-se que o MNI dispõe de uma Galeria Internacional de Cartoon permanentemente aberta e que, desde a sua abertura em 1997, nunca deixou de privilegiar o desenho humorístico como forma de comunicação museal.

02/Abr/2013


TOPO ^

 

 

   

PortoCartoon dá
“prémio do público”
a artista português

http://www.cartoonvirtualmuseum.org/eventos/pc/xiv/premiopublico/premio_publico_portocartoon2012_fernandocamarneiro_.jpg

O  português Fernando Camarneiro Costa foi o vencedor do "Prémio do Público" do XIV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa.

O desenho, intitulado “e tudo o rico parou!…”, fazia parte do grupo dos trabalhos finalistas selecionados pelo Júri internacional presidido por George Wolinski. Trata-se de um cartoon que se insere claramente no tema do PortoCartoon de 2012: "Ricos, pobres, indignados”.

Fernando Camarneiro Costa é arquiteto e tem participado em concursos internacionais de cartoon.

A votação decorreu entre final de junho e 31 de dezembro e recolheu milhares de votos, através da Internet e dos boletins apresentados no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, onde esteve patente uma extensão da mostra original.

Em segundo lugar, o público votou no desenho de Mohsen Zarifian, do Irão. O grande prémio, de Alessandro Gatto (Itália), que deu lugar a uma escultura que integrará o futuro roteiro turístico do humor da cidade do Porto, ficou em 3º lugar na votação do público.

Esta foi a sétima edição do "prémio do público" lançado em 2006 e, tal como as anteriores, implica que o vencedor seja convidado a fazer uma "exposição antológica" da sua obra, no próximo PortoCartoon, em Junho.

Nas edições anteriores ganharam Zygmunt Zaradkiewicz, (Polónia), Guo Zhong (China), Ronaldo (Brasil), Ludo Goderis (Bélgica), António Santos “Santiagu” (Portugal) e Ronaldo Cunha Dias (Brasil).

A exposição antológica do artista será aberta no final de Junho, durante o XV PortoCartoon, edição que tem como tema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade”.

 


24/Jan/2013


TOPO ^

 

 

   

Textos de Amor 2013
homenageiam
Manuel A. Pina


Abre na próxima segunda feira, 11 de fevereiro, o Concurso de Textos de Amor Manuel A. Pina, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa. A partir deste ano, o concurso passa a ficar ligado ao jornalista e escritor falecido em outubro de 2012 e que integrou nove edições do certame.
A iniciativa, especial para o Dia dos Namorados, prolonga-se até 17 de Fevereiro, em busca de textos de amor originais.
Trata-se de uma iniciativa dirigida aos apaixonados de todas as idades e residentes em qualquer parte do país (e a portugueses no estrangeiro) e vai premiar os melhores textos concorrentes, em poesia ou prosa.
Os prémios principais são uma viagem de avião (destino Europa), um cruzeiro no Douro para duas pessoas, e um fim-de-semana no Grande Hotel do Porto, além de livros e cd-roms.

O Museu Nacional da Imprensa pretende, com esta iniciativa, lançada em 2001, motivar a emergência de novos autores, apelando à escrita de textos de carácter amoroso.

Durante a “semana dos namorados”, o museu está aberto à recepção de textos originais alusivos ao amor e os visitantes poderão imprimir poemas de diversos autores (Camões, Florbela Espanca, Bocage, Pessoa, Eugénio de Andrade e Manuel António Pina), nos prelos-relíquia do Museu.

Os textos concorrentes devem ser registados num impresso próprio, disponível nas instalações daquele Museu e no seu sítio oficial (www.museudaimprensa.pt) onde está patente o regulamento.

As edições anteriores têm sido progressivamente mais participadas e em 2011 foi lançado um livro, correspondente à primeira década do concurso, com 75 textos premiados.

O concurso “Textos de Amor” é apoiado pela Ryanair, DouroAzul, Grande Hotel do Porto, Plano Nacional de Leitura, Porto Editora e Jornal de Notícias.

22/Jan/2013

   

TOPO ^

 

 

   

Poema ‘Plátano’
vence concurso
‘textos de amor’

Pedro Guilherme-Moreira foi o vencedor do Concurso de Textos de Amor 2012 do Museu Nacional da Imprensa, com um poema intitulado “Plátano”. O premiado beneficia de uma viagem a Roma, com estadia de três noites (patrocínio da Ryanair e do Hotel Valle Rome).

A escolha do júri resultou da análise de mais de 500 textos enviados para a 12ª edição do concurso que aquele museu promove desde 2001, no intuito de estimular a escrita lírica portuguesa.

O segundo lugar foi atribuído ao poema “Memória até Adamastor”, de Alberto Pereira, que desfrutará de um cruzeiro no Douro (patrocínio da DouroAzul), e o terceiro a João Albuquerque com o poema “Soneto”.

O Júri - constituido por Pires Laranjeira, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Ana Sousa Dias, jornalista, e Luís Humberto Marcos, diretor do Museu Nacional da Imprensa – decidiu ainda atribuir sete Menções Honrosas aos seguintes textos: “O nosso pequeno nada...” (de Alexandra Abreu Lopes), “Podia desbloquear a máquina, por favor?, Obrigada." (de Ana Rita da Silva Freitas Rocha), “A tia Gena” (de Deolinda Maria Galvão Rodrigues), “Despimo-nos do corpóreo e incorpóreo” (de Isabel Sofia Medeiros), “Rascunho de cena de sexo de um romancista incompetente ou prosa irregular ou poema limiar” (Pedro Guilherme-Moreira), “Episódios de uma rádio Local” (de Pedro Ventura), e ”Sinto o esmagar de tudo” (de Susana Costa).

Entretanto vai decorrer de 11 a 17 de Fevereiro, a 13ª edição do Concurso de Textos de Amor, que incorpora o nome de Manuel António Pina, em homenagem ao jornalista e escritor falecido em Outubro de 2012 e que integrou o júri do concurso durante as primeiras nove edições.

 

 

18/Jan/2013


TOPO ^

 

 

   

PortoCartoon lança tema 2013
Liberdade, Igualdade e Fraternidade
- Manoel de Oliveira e Saramago são prémios especiais

O tema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” vai servir de mote para o PortoCartoon - World Festival de 2013.
O convite à participação acaba de ser lançado aos cartunistas de todo o mundo.
Como se pode ler no Regulamento do PortoCartoon 2013, “vivem-se tempos difíceis e controversos, com o mundo ainda longe dos ideais da revolução francesa: liberdade, igualdade e fraternidade”. Acrescenta o documento, justificando o tema: “O velho mundo está em crise e os chamados 'países emergentes' escondem muita miséria e falta de liberdade real”. Apesar de alguns aparentes 'oásis', lê-se, o individualismo aumenta e, por tudo isso, “vale a pena empunhar, de novo e sempre, os ideais que mudaram o mundo em 1789”.

Excecionalmente são instituidos, nesta edição do PortoCartoon, dois prémios especiais de caricatura, pela sua oportunidade. Um para celebrar os 104 anos do realizador Manoel de Oliveira que continua filmando. É o mais velho cineasta do mundo no ativo. O outro, para evocar José Saramago, premio nobel da literatura, que teria 90 anos, se fosse vivo.

Esta será a 15ª edição de uma iniciativa do Museu Nacional da Imprensa que tem estado no pódio do cartoon mundial e que começou em 1998, precisamente com o tema das “Descobertas”, na altura inaugurado pelo Presidente Jorge Sampaio.
Georges Wolinski, um dos mais credenciados cartunistas da actualidade, voltará a ser o presidente do Júri, reforçando assim a qualidade selectiva que tem sido apanágio do PortoCartoon.
No conjunto das catorze edições anteriores participaram mais de 7000 cartunistas, dos cinco continentes.
O PortoCartoon tem tido a particularidade de ser subordinado anualmente a um tema de grande relevo internacional. A última edição foi dedicada aos “Ricos, pobres, indignados” e contou com o Presidente da república Cavaco Silva na inauguração. Das edições anteriores poderemos destacar: a Água, a Mudança de Século/Milénio, o Desporto, Gutenberg, a Globalização, Direitos Humanos, as Crises, ‘Aviões e Máquinas Voadoras’ e Comunicação e Tecnologias.

 

 

 

28/Dez/2012


TOPO ^

 

 

 

Museu da Imprensapresta homenagem
a Manuel António Pina - Fotobiografia

Exposições e lançamento de livros

O O Museu Nacional da Imprensa inaugurou uma exposição documental de homenagem ao jornalista e escritor Manuel António Pina, no domingo 18 de novembro, dia do seu nascimento, às 16h. “A Luz das palavras” é o título desta homenagem que engloba várias iniciativas.

A exposição documental destaca três vertentes - Jornalismo, Poesia, Literatura Infantil - e apresenta dezenas de peças. Na mesma altura, a Porto Editora lançará dois livros de Manuel António Pina: “Aniki-Bobó” e “O Pássaro da Cabeça”.

A relação dos gatos com os escritores também tem um lugar especial na exposição, com uma coleção de textos variados sobre o tema. Vários escritores portugueses responderam a um inquérito promovido pelo Museu sobre a sua relação com os gatos.

A sessão começou no novo auditório do Museu com uma sessão de leitura de textos, sobretudo de poesia, e com a revelação de um inédito de Manuel António Pina.

A exposição documental conta com a colaboração de várias entidades, entre elas o Jornal de Notícias, periódico a que Manuel António Pina ficou ligado durante cerca de 40 anos.

São patrocinadores da mostra a Porto Editora e o ISMAI-Instituto Superior da Maia.
O Metro do Porto, a Naveprinter e a Norprint colaboraram com a iniciativa.

Pina na paleta d’Agostinho

IIntegrada nesta mostra foi também inaugurada, no Museu, uma exposição de Agostinho Santos, colega e amigo de Manuel António Pina. São 45 peças - desenhos, telas e esculturas – que enchem o título “Pina na Paleta d’Agostinho”.

Trata-se da primeira exposição plástica integralmente dedicada ao jornalista e escritor falecido a 19 de Outubro.

No seu conjunto, as exposições ficarão patentes até 31 de maio de 2013.

Fotobiografia

O Diretor do Museu Nacional da Imprensa, anunciou no dia 18 de novembro, durante a homenagem”, que será produzida uma fotobiografia do jornalista e escritor Manuel António Pina, em 2013.

Desta fotobiografia farão parte muitos dos documentos constantes da exposição.

Na mesma ocasião, Luís Humberto Marcos, informou que o concurso nacional “Textos de Amor” organizado pelo museu desde 2001, e que contou com o escritor como membro do júri em várias edições, irá ser renomeado de “Manuel António Pina”, em sua homenagem.

19/Nov/2012


TOPO ^

 

 

   

Homenagem a Manuel António Pina, domingo
A luz das palavras
no Metro do Porto

O Poemas de Manuel António Pina circularam no Metro do Porto, no domingo, 18 de novembro, dia de aniversário do poeta e jornalista, falecido em Outubro.

Foram lidos poemas nas estações da Trindade e da Casa da Música e durante o percurso entre as duas estações, das 11 às 12,30 horas.

A sessão, organizada pelo Museu nacional da Imprensa, foi subordinada ao tema “A Luz das Palavras”, título da exposição documental que, no mesmo dia às 16 horas, foi inaugurada naquele museu.

Na estação da Casa da Música, atuou também o Coral de Letras, cantando ‘Heroicas’ de Fernando Lopes Graça.








19 Nov/2012

TOPO ^

 

 

  

‘Cimeira de Cádis’
prolonga exposição
do Museu da Imprensa

O Museu Nacional da Imprensa (MNI) vai prolongar até 30 de novembro uma exposição evocativa das ‘Cortes de Cádis’ (1812), acontecimento que justificou a realização da XXII Cimeira Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo naquela cidade espanhola, nos próximos dias 16 e 17 de novembro.
A referida exposição sublinha a importância das ‘cortes liberais’ de Cádis para a liberdade de imprensa, há duzentos anos. “Liberdade de Imprensa: de Milton às Cortes de Cádis” assim se intitula a exposição comissariada pelo diretor do Museu, Luís Humberto Marcos, e patente desde maio.
Trata-se de uma mostra documental que evoca o discurso fundador da liberdade de impressão – de John Milton – feito no Parlamento inglês, em 1644, e a importante Constituição saída das cortes de Cádis, há 200 anos, que protege a liberdade de expressão e de imprensa. Dela constam também as datas mais marcantes para a liberdade entre Milton e Cádis.

Também até ao final de novembro é prolongada a exposição do “Centenário do 1º Salão de Humoristas”. Com esta evocação, o Museu pretende celebrar uma época de ouro do desenho humorístico e revisitar obras de grandes autores que marcaram o humor em Portugal, há um século. Mostrando o impacto daquele salão na imprensa da época, a mostra insere-se na valorização do humor - um dos eixos principais da atividade do Museu – e do Porto como ‘capital do cartoon’.

 

 

 

 

12/Out/2012


TOPO ^

 

 

  

Cartum universitário luso-brasileiro
Jovem português recebe três menções honrosas

Os resultados do II Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário, organizado conjuntamente pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI) e pela INTERCOM, foram divulgados no 35º Congresso da INTERCOM que decorreu recentemente, na Universidade de Fortaleza, no Brasil.

Nas quatro categorias do concurso, os vencedores foram Wenes Caitano Marques (Caricatura), Laíssa Gamarro (Cartum), Francisco Albert Miranda Lobo (Charge) e Maurício Nunes (Tiras).

O Júri decidiu ainda atribuir seis Menções Honrosas, três das quais aos trabalhos da autoria do jovem português Sérgio Domingues Marques – “Luís Vaz de Camões” e “Eça de Queirós”, ambos na categoria Caricatura, e ao trabalho “Novo Acordo Ortográfico (Charge).

O Júri do concurso foi constituído por dois elementos indicados pelo MNI, organizador do PortoCartoon-World Festival, e dois da INTERCOM.

Set/2012


TOPO ^

 

 

  

PortoCartoon no Brasil e Bolívia

O PortoCartoon-World Festival está patente no Brasil, em Piracicaba, (S.Paulo) e na Bolívia, em La Paz, até ao final de Setembro.

No Museu de Etnografia e História, na capital boliviana, a mostra sobre “Direitos Humanos no Humor Mundial”.´é constituida por 50 trabalhos. Trata-se de uma seleção dos melhores trabalhos do concurso de 2008, subordinado ao tema dos ‘direitos humanos’ e ganho por Augusto Cid, com “A Chama Olímpica”.

Além do desenho vencedor, estão patentes as menções honrosas, como a caricatura de “Dalai Lama”, feita por Santiagu (António Santos), entre outros de artistas do espaço ibero-americano.

No Brasil, e ao abrigo do protocoloco existente entre a Prefeitura de Piracicaba e o Museu Nacional da Imprensa, o 39º Salão Internacional de Humor de Piracicaba conta também com a mostra “Comunicação e Tecnologias”, tema do PortoCartoon 2011

Através do humor patenteado nas mostras, o Museu Nacional da Imprensa, organizador do PortoCartoon, pretende reforçar a multiculturalidade que faz parte da própria natureza do festival, como ponte entre culturas, países e regiões. Recorda-se que o troféu do PortoCartoon é precisamente uma ponte desenhada por Siza Vieira, na altura em que a cidade do Porto foi também designada “capital do cartoon”.

Set/2012


TOPO ^

 

 

  

Tema: “Ricos, Pobres, Indignados”
Presidente da República
Abriu 14º PortoCartoon

O Presidente da República, Cavaco Silva, inaugurou a exposição do 14º PortoCartoon-World Festival, no dia 23 de junho, no Museu Nacional da Imprensa (MNI).
A sessão decorreu na presença dos vencedores do concurso e foi acompanhada pelo Presidente da Câmara Municipal do Porto e diversos vereadores.
Antes, o Presidente da República havia sido recebido pelo Diretor do Museu, Luís Humberto Marcos, com quem descerrou um grande painel – Bem-vindo, em 47 línguas – alusivo à inauguração das novas instalações do MNI. Os novos espaços do museu reforçam a importância do cartoon no Porto: Galeria Daumier, Centro de Pesquisa KARIKAT e Casa do Cartunista.

Na visita à exposição permanente ‘Memórias Vivas da Imprensa’, o Presidente da República imprimiu uma gravura alusiva ao grande prémio do Portocartoon 2012.

A sessão inaugural da exposição contou com a presença dos premiados, designadamente Alessandro Gatto (Itália), Feggo (EUA), Turcios (Colombia) e Valeriy Doroshenko (Ucrânia), artistas que explicaram a Cavaco Silva o contexto das suas obras.


 Alessandro Gatto (Itália)


Feggo (EUA)


Turcios (Colombia)


Valeriy Doroshenko (Ucrânia)

A exposição reúne mais de 350 desenhos vindos de todo o mundo. Distribuídos por 800m2, entre a Galeria Internacional do Cartoon e a Galeria de Exposições Temporárias, poderão ser vistos os melhores trabalhos selecionados pelo Júri internacional, presidido por George Wolinski, o cartunista com mais livros de humor publicados em França. Na edição deste ano, os países com mais concorrentes foram: o Irão, com 66 participantes e 255 trabalhos, seguido do Brasil, da China, Portugal e Roménia.

Festival da Caricatura

O PortoCartoon voltou à “baixa portuense”, na tarde de 24 de junho.
Vários caricaturistas nacionais e estrangeiros, designadamente os principais premiados da edição deste ano, estiveram presentes para fazerem um ‘boneco humorístico’ a quem quiser posar para eles na Festa da Caricatura. Foi uma oportunidade especial para o contacto pessoal com o cartunista italiano Alessandro Gatto, vencedor do Grande Prémio do XIV PortoCartoon, e de outros cartunistas, além dos membros estrangeiros do Júri.
Artistas do Brasil, Espanha, EUA, Bélgica, Escócia, Ucrânia, além de Portugal, estiveram na Festa da Caricatura, iniciativa que constitui o contributo do Museu Nacional da Imprensa para a internacionalização das festas sanjoaninas.

Expo de Wolinski
na Galeria Daumier

Durante o arranque do PortoCartoon 2012 foi inaugurada a Galeria Daumier, com uma exposição de obras de George Wolinski, humorista do Paris Mach, do Charlie Hebdo e do Journal du Dimanche, e que tem presidido ao Júri do PortoCartoon desde 2005.
‘Wolinski, inconformista sensual’, assim se denomina a exposição organizada pelo diretor do museu, reúne mais de uma centena de peças, entre originais e publicações impressas. Na véspera da abertura da sua exposição, Wolinski havia sido entronizado confrade do vinho do Porto. O relevo do presidente do Júri Internacional – que este ano celebra 50 anos de trabalho humorístico - associado ao troféu desenhado por Siza Vieira, reforça o reconhecimento do PortoCartoon, colocado no pódio do humor mundial.
A Galeria Daumier, instalada na parte nordeste do edifício do Museu recentemente recuperada, destina-se a exposições de autor, principalmente antológicas, e constitui um novo espaço que visa reforçar a atenção que tem sido dada ao humor gráfico internacional no Porto.

Escultura reforça
‘capital do cartoon’


No âmbito da dinamização do Porto como “Capital do Cartoon” (designação internacional feita em 2008), mais uma escultura de humor foi implantada no centro da cidade. O local escolhido foi a zona emblemática entre a Torre dos Clérigos e a Livraria Lello. Por cima do Passeio dos Clérigos lá está a nova escultura. É de Carlos Barreira, representa o Grande Prémio 2012 e insere-se na criação do “roteiro do humor”, para o qual já contribuiram Siza Vieira, Acácio de Carvalho, Zulmiro de Carvalho e Carlos Marques.


Exposições ‘Prémio do Público’
e Humor de Piracicaba

O PortoCartoon 2012 apresenta ainda duas exposições especiais: uma do Salão de Humor de Piracicaba (S. Paulo), um dos mais antigos do mundo, que está patente no centro comercial ‘Via Catarina’; a outra, antológica, Ronaldo-Humor Brasileiro, de Ronaldo Cunha Dias, vencedor do Prémio do Público 2011, que pode ser vista no Dolce Vita Porto.

Até agora já arrecadaram o Prémio do Público artistas da Bélgica, Brasil, China, Polónia e Portugal.
A exposição de Piracicaba tem sido uma presença constante no PortoCartoon, no quadro de um protocolo assinado entre a Prefeitura de Piracicaba e o Museu Nacional da Imprensa.



TOPO ^

 

 

   

Oficinas Criativas
Actividades de verão

 A pensar numas férias de Verão diferentes e divertidas, o Museu Nacional da Imprensa preparou várias oficinas criativas , onde os participantes são desafiados a dar largas à imaginação!

O Museu será o palco de inúmeras actividades direccionadas para os mais novos, onde novas experiências estéticas serão mostradas de uma forma cativante e original. A curiosidade e a experimentação surgem associadas, desencadeando momentos de descoberta e aprendizagem combinadas com a boa disposição característica da época.

O Museu propõe a visita guiada à exposição permanente "Memórias vivas da Imprensa", onde os participantes são desafiados a experimentar as antigas técnicas de impressão manual, e a participação numa oficina criativa:
Oficinas Gutenberg, Do Papel à Impressão: Oficina de Reciclagem, Do A ao Z, Marcadores de Livros, Do Papel à Impressão: Oficina de Marmorização, Imagens que saltam à vista!
As actividades dirigem-se a crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 15 anos e ocorrem no horário habitual do Museu: todos os dias das 15h às 20h, e de terça a sexta-feira também das 10h30 às 12h30, durante os meses de Junho e Julho.

O custo de participação é de 4€ por criança.

É sujeita a marcação prévia, que poderá ser feita através de contacto directo com os Serviços Educativos do Museu Nacional da Imprensa (tel: 225304966; email: servicoeducativo@museudaimprensa.pt).

As oficinas de expressão plástica contam com o generoso apoio da M. Sousa Ribeiro, Material de Belas Artes Lda.

Do A ao Z

Destinatários | dos 6 aos 12 anos

Descrição | 1450. Bíblia de Gutenberg.

É esta a base da oficina que desafia os participantes a criar diferentes tipos de letra e a materializá-los em crachás personalizados!

Marcadores de Livros

Destinatários | dos 6 aos 12 anos

Descrição | O primeiro desafio desta oficina é a impressão de imagens em máquinas do séc. XIX! Depois, os participantes continuam a explorar a História da Imprensa através da construção de marcadores de livros!


TOPO ^

 

 

  

Museu da Imprensa assinala
Centenário da 1ª exposição de humoristas

O Museu Nacional da Imprensa vai assinalar o centenário do 1º Salão de Humoristas, com uma exposição documental que se inaugura no dia 9 de Maio, às 15 horas.

Aquele Salão abriu, no Grémio Literário, em Lisboa, precisamente a 9 de maio de 1912, com cerca de 400 trabalhos de alguns dos nossos melhores artistas do humor gráfico de sempre. De Rafael Bordalo Pinheiro, Celso Hermínio, Almada Negreiros, Jorge Barradas, Stuart Carvalhais, Francisco Valença e Emmérico Nunes, entre outros.

Com esta evocação, o Museu pretende celebrar uma época de ouro e revisitar obras de grandes autores que marcaram o humor em Portugal, há um século.

A exposição, comissariada por Luís Humberto Marcos, diretor do Museu, mostra o impacto da iniciativa na imprensa da época e insere-se na valorização do Cartum - um dos eixos principais da actividade do Museu Nacional da Imprensa, instalado no Porto. A cidade tem, de resto, o epíteto de ‘Capital do Cartoon”, designação obtida em 2008, em resultado das acções relacionadas com o PortoCartoon-World Festival.

Patente na Galeria de Exposições Temporárias, a mostra documental pode ser visitada todos os dias até 15 de Outubro, das 15 às 20 horas.

 



TOPO ^

 

 

 

Dia dos Media
Liberdade de Imprensa
em exposição no Museu

O Museu Nacional da Imprensa abre no dia 3 de maio uma exposição documental intitulada “Liberdade de Imprensa: de Milton às Cortes de Cádis”, inserindo a iniciativa no ‘Dia dos Média’.

A mostra evoca o discurso fundador da liberdade de impressão – de John Milton – feito no Parlamento inglês, em 1644, e a importante constituição saída das cortes de Cádis, há 200 anos, e que protege a liberdade de imprensa.

Trata-se de uma exposição evocativa das datas mais marcantes para a liberdade entre Milton e Cádis (março de 1812).

Em homenagem a John Milton, autor da "Areopagitica" (além da universal obra "O paraíso perdido"), será impresso, num prelo manual, o frontispício do seu famoso discurso em favor da liberdade de imprensa feito no parlamento inglê



Entre livros e outros documentos relativos à liberdade de imprensa, estarão patentes fac-similes do jornal El Conciso, de Cádis, a primeira publicação a divulgar as decisões das Cortes. Recorda-se que esta Constituição serviu de matriz inspiradora da inscrição da liberdade de imprensa nos textos constitucionais de vários países europeus.

A mostra ficará patente até 15 de junho.

O Museu está instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo e a cinco minutos da Estação CP/Metro de Campanhã.

Horário: todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 15h às 20h.


TOPO ^

 

 

   

PortoCartoon apresenta-se na Bolívia
com humor sobre Direitos Humanos

O PortoCartoon-World Festival esteve patente de 10 a 22 de Abril, no Manzana Uno Espacio de Arte, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com uma exposição sobre “Direitos Humanos no Humor Mundial”.

Trata-se de uma selecção dos melhores trabalhos do concurso de 2008, subordinado ao tema dos ‘direitos humanos’ e ganho por Augusto Cid, com “A Chama Olímpica”.

Além do desenho vencedor, estarão também patentes as menções honrosas, como a caricatura de “Dalai Lama”, feita por Santiagu (António Santos), entre outros de artistas do espaço ibero-americano, num total de 50 obras.

Os desenhos expostos pretendem alertar, com humor e sátira, para a contínua violação dos Direitos Humanos em pleno séc. XXI. São alguns dos melhores trabalhos selecionados pelo Júri Internacional do PortoCartoon, presidido por Georges Wolinski (França), um dos mais credenciados cartunistas da actualidade.

Através do humor patenteado na mostra, o Museu Nacional da Imprensa, organizador do PortoCartoon, pretende reforçar a multiculturalidade que faz parte da própria natureza do festival, como ponte entre culturas, países e regiões. Recorda-se que o troféu do PortoCartoon é precisamente uma ponte desenhada pelo premiado arquitecto Siza Vieira, na altura em que a cidade do Porto foi também designada “capital do cartoon”.

Depois de Santa Cruz, a exposição irá para a cidade de Cochabamba e terminará na capital, La Paz.






TOPO ^

 

 

 

Museu da Imprensa
liga Portugal ao Equador

O Museu Nacional da Imprensa e o CIESPAL, estão unidos desde 11 Abril, através de um protocolo assinado em Quito, capital do Equador.
Trata-se de um acordo de cooperação oficializado pelo Director Geral do CIESPAL, Fernando Checa e pelo presidente da Direcção da AMI e director do Museu Nacional da Imprensa, Luís Humberto Marcos. A assinatura coincide com a abertura de uma exposição do PortoCartoon sobre humor ibero-americano.

O protocolo visa a cooperação no desenvolvimento de iniciativas conjuntas para o reforço dos laços culturais entre Portugal e Equador, através da valorização do humor e da imprensa.

O CIESPAL-Centro Internacional de Estudos Superiores de Comunicação para a América Latina é uma instituição emblemática do jornalismo e da Comunicação Social que na sua constituição, em 1959, contou com o apoio da UNESCO.

De acordo com a Cláusula nº 2 do Protocolo, ambas as entidades "promoverão exposições temporárias, estudos, conferências e debates sobre temas relacionados com a Imprensa, a Comunicação e o Humor, de acordo com um plano previamente estabelecido e aceite por ambas as partes”.

O Protocolo fortalece a linha de internacionalização que aquele museu tem vindo a desenvolver com vários países, como Brasil, México, França, Bélgica.


TOPO ^

 

 

   

Cartunista Italiano
vence o XIV PortoCartoon

Alessandro Gatto, de Itália, foi o vencedor do Grande Prémio do XIV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, e subordinado ao tema "Ricos, pobres, indignados".

O segundo Prémio foi atribuído a Felipe Galindo, mexicano a morar nos EUA, na categoria Tema Livre, e o terceiro em ex-aequo a Turcios, da Colômbia, e a Valery Doroshenko, da Ucrânia.

A qualidade dos trabalhos, levou o júri internacional a atribuir ainda 12 Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica, Brasil, China, Espanha, França, Irão, México, Portugal, Reino Unido, Sérvia, Síria e Ucrânia.

A oportunidade do tema e a elevada qualidade de grande parte dos participantes foi sublinhada pelos membros do Júri, na conferência de imprensa do dia 2 de Abril.

Em apreciação estiveram cerca de duas mil obras, de centenas de artistas, oriundos de todos os continentes. O Irão é o país com mais participantes (66) e trabalhos: 255. Segue-se o Brasil, a China, Portugal e Roménia.

Com esta participação, o Portocartoon cimenta o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de humor e reforça a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuida em 2008.

O Júri internacional do XIV PortoCartoon foi presidido por Georges Wolinski (França) e integrou ainda: Peter Nieuwendijk, Presidente-geral da Feco (Holanda); Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha); Luís Mendonça, Representante da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, diretor do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.

Os vencedores do XIV PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, a 23 de junho, aquando das Festas do S. João.

Várias centenas de milhares de visitantes já viram as treze edições do PortoCartoon realizadas nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, e nas diferentes cidades por onde passaram as exposições: Argentina, Bolívia, Brasil, França, Espanha e México.



Grande Prémio - Alessandro Gatto – Itália
“La Scala” – Tema Principal


2º Prémio - Felipe Galindo/ Feggo – E.U.A.
“ Global warming” – Tema Livre


3º Prémio – Ex-aequo - Omar Figueroa Turcios – Colômbia
 S/Título – Tema Principal


3º Prémio – Ex-aequo - Valery Doroshenko – Ucrânia
S/ Título – Tema Principal


TOPO ^

 

 

    

‘Passarola’ de Gusmão e aviões
Rio de Janeiro recebe
humor do PortoCartoon

A “passarola” de Gusmão (1709) é o mote da exposição do PortoCartoon-World Festival que o Museu Nacional da Imprensa leva ao Rio de Janeiro Portugal. Abre no dia 22, 5ª feira, na Sala de Cultura da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, ficando patente até 2 de Abril.

A abertura coincide com o VI Forum de Imprensas Oficiais de Língua Portuguesa que decorrerá na mesma instituição.

A exposição é composta por 40 desenhos de grandes artistas do humor mundial, alguns deles brasileiros.

Chama-se “PortoCartoon-Aviões e máquinas voadoras” e pretende evocar a data da primeira experiência precursora da navegação aérea, desenvolvida em Lisboa, no reinado de D. João V, pelo famoso padre brasileiro Bartholomeu Lourenço de Gusmão.

O tema tem presente o impacto da aviação na actualidade e foi bandeira do PortoCartoon-World Festival organizado em 2009/2010 pelo Museu Nacional da Imprensa, instalado no Porto.

Esta é a primeira exposição daquele Museu no Rio de Janeiro e integra-se na linha de internacionalização que é seguida desde 1998, com a organização de um dos concursos mundialmente mais famosos do desenho de humor.

Bartholomeu de Gusmão, natural de Santos, S. Paulo, Brasil, protagonizou a primeira experiência com um aeróstato de ar quente no mundo, facto que serviu de motor à exploração do espaço pelo homem. Durante os 300 anos subsequentes, a história da aviação encheu-se de momentos de diferentes tonalidades: dramáticos, festivos, hilariantes, ou simplesmente fantásticos.

A exposição já esteve patente em Brasília, em 2011, e apresenta os melhores trabalhos seleccionados pelo júri internacional do XII PortoCartoon, presidido por Georges Wolinski (França), um dos mais credenciados cartunistas da actualidade.

O PortoCartoon tem tido a particularidade de ser subordinado, anualmente, a um tema de grande relevo internacional, como acontece este ano (13ª edição) com “Ricos, Pobres e Indignados”. A 12ª edição foi dedicada a “Comunicação e tecnologias” e as anteriores abordaram: a Água, a Mudança de Século/Milénio, o Desporto, Gutenberg, a Globalização, os Direitos Humanos, as Crises, etc.


TOPO ^

 

 

      

O Amor está em alta
Concurso do Museu da Imprensa recebe participação recorde

A participação no Concurso de Textos de Amor do Museu Nacional da Imprensa atingiu este ano um número recorde, ultrapassando largamento as onze edições anteriores. Concorrem mais de 500 textos, de 240 autores, o que significa um aumento de 60% em relação a 2011.

A iniciativa do Museu Nacional da Imprensa começou no Dia dos Namorados e prolongou-se até 21 de Fevereiro, em busca de textos de amor originais.
O vencedor do Concurso será contemplado com uma viagem de avião a Roma, com estadia de três noites. O 2º prémio fará um cruzeiro no Douro (Régua), com acompanhante. Outros premiados terão livros e cd-roms.
Apoiado pela Ryanair , Hotel Valle Rome e DouroAzul, este concurso de “Textos de Amor”, único no país, tem servido para revelar novos autores.

Em 2011, o Museu lançou, em parceria com a Quid Novi, um livro com os 75 textos premiados durante a primeira década do concurso.
Nas edições anteriores, o Júri contou com a participação de Manuel António Pina, Pires Laranjeira, Maria Glória Padrão e Ana Sousa Dias, além do Diretor do Museu, Luís Humberto Marcos.


TOPO ^

 

 

    

Stuart e a BD
no Museu da Imprensa

O humor de Stuart vai estar no Museu Nacional da Imprensa, de 10 de Março a 31 de Maio, numa exposição que se integra MAB Invicta, festival internacional de multimédia, artes e BD.
 
A mostra – Stuart: BD e Azulejos - apresenta tiras cómicas das aventuras de Quim e Manecas, publicadas no jornal O Século e muitas outras participações artísticas do espírito multifacetado de Stuart.

Será também apresentada uma colecção de azulejos originais que ornamentavam a escadaria do Diário de Lisboa, doada por Ruella Ramos ao Museu. Trata-se de uma colecção singular, quer pelo que revela do artista, quer pelo local para onde os azulejos foram produzidos – o Diário de Lisboa (1921-1990), jornal emblemático na oposição à ditadura do Estado Novo.

A exposição ficará patente na Galeria Internacional do Cartoon, o único espaço dedicado ao humor permanentemente aberto (365/6 dias, ano) na Europa. Esta galeria reforça a dimensão de capital do cartoon atribuída ao Porto, na proclamação internacional feita a 23 de Junho de 2008, na Avenida dos Aliados, em dez línguas diferentes.

Stuart Carvalhaes (1887-1961) foi um dos mais talentosos artistas do humor português. Além de caricaturista, foi cenógrafo, figurinista e realizador de cinema. Fixou tipos e costumes de Lisboa como poucos o fizeram. Ainda antes dos 20 anos, começou a colaborar na imprensa e nela deixou o seu traço bem vincado, até morrer em 1961.

Além da participação em jornais e revistas, a exposição evidencia a qualidade artística de Stuart em partituras e capas de livros, patenteando a ampla gama de participações onde a sua arte do humor e da ilustração se impôs.


TOPO ^

 

 

    

Ronaldo vence prémio
do público pela 2ª vez

O cartunista brasileiro Ronaldo foi o vencedor do "Prémio do Público" do XIII PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa. Já em 2007 o mesmo artista havia conquistado o ‘voto popular’.
O desenho agora premiado por cibernautas e visitantes dos locais onde havia urnas tinha sido menção honrosa na opinião do Júri internacional presidido por Wolinski. Trata-se de um desenho que mostra a ligação de um bebé à mãe via telemóvel. O tema do PortoCartoon de 2011 era precisamente "Comunicação e Tecnologias”.
Ronaldo da Cunha Dias é médico-cirurgião em Rio Grande do Sul e dedica-se à caricatura desde 1985. Já publicou quatro livros de cartoons e recebeu dezenas de prémios em festivais nacionais e internacionais. Presença habitual nos mais prestigiados festivais de humor, tem concorrido quase sempre ao PortoCartoon.
A votação decorreu entre final de Junho e Dezembro e recolheu milhares de votos, através da Internet e dos boletins apresentados no Museu, no Aeroporto do Porto e no espaço CCB da Rua Miguel Bombarda, no Porto.


TOPO ^

 

 

     

Semana dos namorados
em busca de textos de amor

O Museu Nacional da Imprensa promove, a partir do dia 14, a 12ª edição do Concurso de Textos de Amor. A iniciativa, especial para o Dia dos Namorados, prolonga-se até 21 de Fevereiro, em busca de textos de amor originais.
Dirigido aos apaixonados de todas as idades e residentes em qualquer parte do país (e a portugueses no estrangeiro), o concurso vai premiar os melhores textos concorrentes, em poesia ou prosa.
Os prémios principais são uma viagem de avião (destino Europa) e um cruzeiro no Douro (Régua) para duas pessoas, além de livros e cd-roms.
O Museu Nacional da Imprensa pretende, com esta iniciativa, motivar a emergência de novos autores, apelando à escrita de textos de carácter amoroso.
Durante a "semana dos namorados", o museu está aberto à recepção de textos originais alusivos ao amor e os visitantes poderão imprimir poemas de diversos autores (Camões, Florbela Espanca, Bocage, Pessoa, Eugénio de Andrade…), nos prelos-relíquia do Museu.

Os textos concorrentes devem ser registados num impresso próprio, disponível nas instalações daquele Museu e no seu sítio oficial (www.museudaimprensa.pt) onde está patente o regulamento.
As edições anteriores têm sido progressivamente mais participadas e em 2011 foi lançado um livro, correspondente à primeira década do concurso, com 75 textos premiados.
O concurso "Textos de Amor" é apoiado pela Ryanair e DouroAzul.
O Júri tem tido, em edições anteriores, a participação de Manuel António Pina, Pires Laranjeira, Maria Glória Padrão e Ana Sousa Dias, além do Diretor do Museu, Luís Humberto Marcos.




TOPO ^

 

 

PortoCartoon mostra
humor mundial em Braga

Está patente no Braga Parque, desde o dia 10 de Janeiro, a exposição do PortoCartoon-World Festival sobre "Comunicação e Tecnologias". A mostra reúne 32 desenhos sobre o tema, nomeadamente os premiados no XIII PortoCartoon, as menções honrosas e os finalistas seleccionados pelo júri internacional do festival.

Os trabalhos em exibição são provenientes de diferentes países, entre os quais a Bélgica, Brasil, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irão, México, Polónia, Portugal, Roménia, Rússia e Turquia. Está também patente um desenho do cartunista português António Santos, "Santiagu".

A mostra pode ser vista no Braga Parque até 12 de Fevereiro.


TOPO ^

 

 

 

2º concurso luso-brasileiro
Museu da Imprensa e INTERCOM
desafiam o humor das universidades

Regulamento

Formulário

O Museu Nacional da Imprensa (MNI) e a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação-INTERCOM acabam de lançar a segunda edição do Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário.
Trata-se de um certame iniciado em 2011 e que visa fortalecer as relações universitárias entre Brasil, Portugal e demais países de idioma português, através da linguagem universal do humor, privilegiando o uso das tecnologias multimédia, designadamente a Internet.

Os concorrentes podem apresentar trabalhos até 30 de Abril, em diferentes categorias do humor gráfico: cartum, charge, caricatura e tiras cómicas.

De acordo com o regulamento, o II Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário destina-se a estudantes de graduação e pós-graduação inscritos em qualquer instituição de Ensino Superior do Brasil, de Portugal ou dos demais países de idioma português. Os desenhos devem ser obrigatoriamente enviados em suporte digital, para os seguintes endereços eletrónicos: mni@museudaimprensa.pt (Museu Nacional da Imprensa) e cartum.intercom@gmail.com

(Intercom).

A iniciativa radica numa proposta do director do MNI, feita em Setembro de 2010, na Universidade de Caxias do Sul, Brasil, durante um debate sobre a importância do cartum na sociedade.

Na base desta articulação entre o museu português e a maior entidade de investigação em Comunicação da América Latina, está a experiência do PortoCartoon-World Festival e a pesquisa que se faz sobre o humor no Brasil.


TOPO ^

 

 

  

Museu da Imprensa
Evoca Gazeta Literária
Milhares de postais espalhados pelo país

Dez mil postais evocativos dos 250 anos da Gazeta Literária, editada no Porto, em 1761, foram colocados hoje, dia 12 de Dezembro, à venda nos diferentes postos dos correios.

A cerimónia de lançamento, com carimbo dia, decorreu esta manhã no Museu Nacional da Imprensa, onde está patente uma exposição evocativa do aniversário do primeiro jornal literário português.

Além de apresentar originais da “Gazeta Literária”, a exposição mostra vários exemplares das centenas de revistas e jornais literários e/ou culturais, editados desde 1761, em Portugal.

Destacam-se as publicações dirigidas por Almeida Garrett, Alexandre Herculano, Camilo Castello Branco, Eça de Queirós, Aquilino Ribeiro, Fernando Pessoa,

José Régio, Almada Negreiros e David Mourão-Ferreira, vultos da literatura portuguesa também homenageados nesta mostra.
Da longa pesquisa desenvolvida pelo Museu concluiu-se que já foram editadas em Portugal mais de 5300 publicações literárias e culturais, desde 1761.

Os visitantes poderão interagir com uma base interactiva, da qual constam os rostos de centenas de publicações. Terão também a possibilidade de imprimir manualmente uma

gravura com o frontispício do nº1 da Gazeta Literária.

A exposição “250 anos da Imprensa Literária” é comissariada pelo Director do Museu, Luís Humberto Marcos, e pode ser visitada até 30 de Março.


TOPO ^

 

 

 

Textos de amor dão
viagem a Barcelona

 

O Museu Nacional da Imprensa promoveu, de 14 a 20 de Fevereiro, a décima primeira edição do Concurso de Textos de Amor original.

Durante a “semana dos namorados”, o museu esteve aberto à recepção de textos originais alusivos ao amor e os visitantes puderam imprimir poemas de carácter amoroso.
Dirigido aos apaixonados de todas as idades e residentes em qualquer parte do país, o concurso vai premiar os melhores textos concorrentes, em poesia ou prosa, com duas viagens e estadia em Barcelona, um passeio de barco à Régua, livros e cd-roms.

O Museu Nacional da Imprensa pretende, com esta iniciativa, motivar a emergência de novos autores, apelando à escrita de textos de carácter amoroso, e divulgar alguns dos nossos melhores escritores líricos.
As edições anteriores foram muito participadas, tendo aquele museu recebido centenas de textos de amor, em prosa e poesia.
O concurso “Textos de Amor” é apoiado pela Ryanair, Hotel Barceló Sants e DouroAzul.

 

Premiados

Finalistas


TOPO ^

 

 

 

Mais de mil jornais
no Museu da Imprensa

 
 

Mais de mil jornais integram a exposição “11 de Setembro na Imprensa Mundial: 10 anos” que está patente no Museu Nacional da Imprensa, no Porto (Portugal), até 31 de Outubro.

Esta mostra (aberta no dia 10) inclui dezenas de jornais originais e uma larga coleção de edições em suporte digital, relativas à destruição das “twin towers“, de Nova Iorque, e ao ataque ao Pentágono, além da morte de Bin Laden, em Maio deste ano.

Alguns dos principais jornais das grandes capitais mundiais fazem parte desta exposição, que traduz não só o impacto do acontecimento na imprensa mundial, mas também diferentes evocações feitas anualmente, a par da grande repercussão que teve o assassinato do líder da Al-Quaeda.

A exposição, que pode ser vista na Sala Rodrigo Álvares (1º impressor português), mostra ainda uma centena de desenhos originais de jovens de várias escolas portuguesas, sobre o impacto do acontecimento em Setembro de 2001, incluindo trabalhos de estudantes da zona da Base das Lajes (da NATO), nos Açores. São desenhos de estudantes de 6-16 anos selecionados de um conjunto de milhares de trabalhos que fazem parte de uma investigação académica.

A exposição, comissariada por Luís Humberto Marcos, director do museu, conta com o apoio da FLAD-Fundação Luso-Americana e integra a possibilidade de os visitantes imprimirem manualmente uma gravura alusiva ao”11 de Setembro”, num prelo-relíquia da instituição.

O Museu está instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo e a cinco minutos da Estação CP/Metro de Campanhã. Pode ser visitado todos os dias, entre as 15h e as 20h.


TOPO ^



 

 

Concurso universitário
recebe centena de desenhos

Mais de cem desenhos de meia centena de estudantes participam no I Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário, organizado conjuntamente pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI, e pela INTERCOM, do Brasil.

A iniciativa foi lançada este ano em Março, com a possibilidade de os concorrentes apresentarem trabalhos em quatro categorias: cartum, caricatura, charge e tira cómica. As modalidades com mais participantes são o Cartum e a Caricatura que recolheram mais de 60% dos 112 trabalhos.

Os vencedores nas respectivas categorias vão ser divulgados no dia 6 de Setembro, no final do Congresso da INTERCOM que decorre a partir do dia 2 de Setembro, no Recife. No local do Congresso, a Universidade Católica de Pernambuco, ficarão patentes os trabalhos mais votados pelo Júri que é composto por três elementos indicados pelo MNI, organizador do PortoCartoon-World Festival, e dois da INTERCOM.

Os vencedores receberão bibliografia de humor, na qual se integra o livro trilingue ‘Daumier, o génio da caricatura’, editado pelo MNI.


TOPO ^



 

 

Evocando o ‘padre voador’
PortoCartoon volta a S. Paulo

O Salão Internacional de Humor de Piracicaba (S.Paulo) recebe, a partir de 28 de Agosto (até 16 de Outubro), a exposição do PortoCartoon “Aviões e Máquinas Voadoras”.

A mostra pretende homenagear o pioneirismo de Bartolomeu de Gusmão (o ‘padre voador’, natural de Santos, S. Paulo) que em 1709 fez subir o seu aeróstato, em Lisboa, e tem presente o impacto da aviação na actualidade.

Pelo 7º ano consecutivo, o Museu Nacional da Imprensa apresenta assim em S. Paulo, num dos eventos mais importantes do mundo, no universo do humor gráfico, uma exposição do PortoCartoon. Composta por meia centena de desenhos, a exposição fez parte da edição de 2010 do certame, tendo a mostra original do XII PortoCartoon apresentado mais de 400 trabalhos, dos cinco continentes.

A presença desta mostra no Brasil integra-se no protocolo assinado entre o museu da cidade do Porto e a Prefeitura de Piracicaba em 2005, para o desenvolvimento de iniciativas conjuntas na área do desenho de humor.

Para o MNI esta é mais uma iniciativa da “ponte”criada entre Portugal e Brasil no âmbito do cartoon e permite a divulgação do melhor do humor que se faz por todo o mundo.
Esta presença no Brasil insere-se ainda na linha da internacionalização do PortoCartoon.

O festival, organizado anualmente pelo Museu Nacional da Imprensa, é considerado pela Federação Internacional de Cartunistas (FECO), um dos três maiores e melhores do mundo. As suas mostras já estiveram patentes nos seguintes países: Argentina, Brasil, Espanha, França e México, em alguns deles mais do que uma vez, prosseguindo a internacionalização do certame.

O Salão de Piracicaba é uma das mais antigas organizações de humor gráfico do mundo e realiza-se ininterruptamente desde 1974.


TOPO ^



 

 

PortoCartoon
evoca 'Padre Voador' no Rio de Janeiro

Uma exposição virtual com cartoons evocativos do pioneirismo de Bartolomeu de Gusmão, produzida pelo Museu Nacional da Imprensa, está patente desde 23 de Agosto na Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

A novidade acompanha o lançamento de uma coleção Brasiliana da Bibiloteca Joanina - perfis de notáveis brasileiros - que abre precisamente com uma obra sobre o 'padre voador' que em 1709 fez subir em Lisboa o primeiro aeróstato. No Memorial do Convento de José Saramago, Bartolomeu de Gusmão é uma das personagens marcantes.

Nascido em Santos, S. Paulo, Bartolomeu Lourenço de Gusmão serviu a corte de D. João V e foi perseguido pela Inquisição.

O pioneirismo de Gusmão serviu de mote ao PortoCartoon-World Festival de 2010, subordinado ao tema "Aviões e Máquinas Voadoras". Na altura participaram cartunistas de mais de 70 países, mostrando o relevo do tema e da evocação.

Os melhores trabalhos selecionados pelo Júri internacional, presidido por George Wolisnki, integram esta Exposição Virtual que, após a apresentação do livro, ficará patente nos ecrãs da universidade. Esta Exposição Virtual – musicada e com trinta obras - tem a sua estreia precisamente na Universidade do Rio de Janeiro, uma das mais importantes do Brasil.

Registe-se que uma exposição sobre o mesmo tema está fisicamente patente, até 16 de setembro, no Espaço Chatô, em Brasília, tendo sido inaugurada a 9 de Agosto.

Esta internacionalização do PortoCartoon corresponde à uma política de reforço das actividades do Museu Nacional da Imprensa no estrangeiro.

 

Organizado anualmente por este museu, o PortoCartoon é considerado pela Federação Internacional de Cartunistas (FECO) um dos três mais importantes concursos do mundo. As suas mostras já estiveram patentes nos seguintes países, além do Brasil (desde 2005): Argentina, Espanha, França e México, em alguns deles mais do que uma vez. Em Novembro, outra exposição será apresentada na Bolívia.

O Museu Nacional da Imprensa está instalado na cidade do Porto, em Portugal, e possui um dos mais importantes patrimónios tipográficos do mundo. É também um dos raros museus do mundo que nunca fechou desde que foi inaugurado em 1997, funcionando 365 dias/ano. A par desta actividade, o museu português tem valorizado o ciberespaço com museus virtuais, caso do museu virtual do cartoon (www.cartoonvirtualmuseum.org) e do museu virtual da imprensa (www.imultimedia.pt/museuvirtpress), ambos pioneiros na altura em que foram lançados na Internet.




 


TOPO ^



 

 

PortoCartoon
em votação internacional

Está disponível on-line a votação para a escolha do Prémio do Público do XIII PortoCartoon-World Festival, subordinado ao tema "Comunicação e Tecnologias".
A participação dos cibernautas pode ser feita no Museu Virtual do Cartoon (http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
f_portocartoon_2012_vote.htm
), uma iniciativa integrada no XIII PortoCartoon-World Festival, do Museu Nacional da Imprensa.
Trata-se de uma votação a nível mundial, na qual os cibernautas podem escolher o melhor cartoon, de 30 concorrentes, independentemente da votação do júri feita em Abril deste ano.

Ao Prémio do Público deste ano associou-se o Jornal de Notícias, cuja versão on-line inclui uma galeria com os concorrentes em votação. Esta votação pública foi estabelecida em 2006, tendo havido já quatro vencedores de continentes diferentes: Ludo Goderis (Bélgica), Ronaldo (Brasil), Guo Zhong (China), e Zygmunt Zaradkiewicz (Polónia) e António Santos "Santiagu" (Portugal). A exposição de Santiagu está neste momento patente no centro comercial Dolce Vita/Porto.

Os desenhos candidatos podem ser vistos em pormenor antes da votação on-line, sendo a respectiva lista constituída pelos premiados e finalistas, escolhidos pelo júri internacional do concurso presidido pelo cartunista francês G. Wolinski. Os desenhos em disputa foram recebidos de países tão diferentes como Bélgica, Brasil, Finlândia, França, Escócia, Holanda, Indonésia, Itália, México, Polónia, Roménia, Rússia, Turquia e Ucrânia. Os portugueses Agostinho Santos (Menção Honrosa), e Santiagu (Menção Honrosa) também estão em votação.

A escolha do público pode decorrer até o final de Dezembro. Votação idêntica decorre também numa urna não virtual, existente na Galeria Internacional do Cartoon, do Museu Nacional da Imprensa, com boletins apropriados.


TOPO ^



 

 

A 13ª edição do PortoCartoon-World Festival
abre oficialmente a 23 de Junho no Museu Nacional da Imprensa.

A sessão naugural contará com a presença dos premiados que irão receber os respectivos prémios e troféus, desenhados por Siza Vieira.

Na altura será aberta ao público a exposição que reúne mais de 400 cartoons vindos de todo o mundo. Distribuídos por 800m2, entre a Galeria Internacional do Cartoon e a Galeria de Exposições Temporárias, poderão ser vistos os melhores trabalhos seleccionados pelo Júri internacional, presidido por George Wolinski, o cartunista com mais livros de humor publicados em França.

O cartunista polaco Zygmunt Zaradkiewicz foi o vencedor do Grande Prémio. O 2º Prémio recaiu num desenho de Plantu, artista de fama mundial que é presença quase diária na 1ª página do jornal Le Monde; e o 3º Prémio foi atribuído pela primeira vez a uma escultura, do autor português, Fernando Saraiva.

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional do concurso a atribuir ainda 19 menções honrosas a artistas diferentes países, entre os quais a Bélgica, Brasil, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irão, México, Polónia, Portugal, Roménia, Rússia e Turquia.

O tema deste ano – Comunicação e Tecnologias – permitiu a mais larga participação de sempre, com mais de 2.200 trabalhos, de 620 artistas, de 80 países. Neste concurso, o Irão superou todos os outros países, em trabalhos e participantes, logo seguido do Brasil, Roménia, Turquia, Portugal e Itália.

O XIII PortoCartoon pode ser visto até 31 de Dezembro, no horário habitual do Museu: todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 15h às 20h. O Museu Nacional da Imprensa está instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo e a cinco minutos da estação CP/Metro de Campanhã.

Além desta exposição central, muitas outras iniciativas (indicadas a seguir) espalham o humor pela cidade, reforçando uma vez mais o Porto como ‘Capital do Cartoon’.

Festa da Caricatura

A Festa da Caricatura, decorre nos dias 25 e 26 de Junho, na Praça da Liberdade, entre as 15 e as 19 horas, numa iniciativa apoiada pela Câmara Municipal do Porto.
Vários caricaturistas nacionais e estrangeiros, designadamente os principais premiados da edição deste ano, vão estar presentes para fazerem um ‘boneco humorístico’ a quem quiser posar para eles na Festa da Caricatura. Será uma oportunidade especial para o contacto pessoal com o cartunista polaco Zygmunt Zaradkiewicz, vencedor do Grande Prémio. Outros artistas da Roménia, Espanha, além de Portugal, estarão na Festa da Caricatura, contributo do Museu Nacional da Imprensa para a internacionalização das festas sanjoaninas.

Exposições: Prémio Público 2010 e Salão de Humor de Piracicaba

O PortoCartoon 2011 apresenta ainda duas exposições especiais: uma sobre Ambiente, do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (S. Paulo), festival com o qual o PortoCartoon tem um protocolo de cooperação; a outra, antológica, mostra os melhores trabalhos do português Santiagu, vencedor do Prémio do Público 2010. Anteriormente, este “Prémio do Público” - correspondente à votação de cibernautas e visitantes - foi ganho por artistas da Bélgica, Brasil, China e Polónia.

Rua do PortoCartoon, Escultura e Extensões

A exemplo do que aconteceu no ano passado (Rua Galerias de Paris), a Rua de Cedofeita recebe uma designação toponímica provisória: Rua do PortoCartoon 2011. Até 21 de Setembro as lojas que aderirem à iniciativa vão poder mostrar o “riso do mundo”, através da apresentação de diferentes desenhos no seu interior.
A denominação é feita em articulação com a Câmara Municipal do Porto.

No âmbito da dinamização do Porto como “Capital do Cartoon” (designação internacional feita em 2008), será implantada uma escultura de humor na Rua Miguel Bombarda. A inauguração está marcada para o dia 25 de Junho. A escultura representa o Grande Prémio 2011 e insere-se na criação do “roteiro do humor”, para o qual já contribuiram Siza Vieira, Acácio de Carvalho e Zulmiro de Carvalho. A escultura deste ano é de Carlos Marques.

A partir do final de Junho haverá extensões com reproduções dos melhores trabalhos da 13º edição do PortoCartoon no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, Estação de Campanha e diferentes locais da cidade do Porto (cafés, livrarias, centros comerciais).


TOPO ^



 

 

Museu da Imprensa descentraliza
Gutenberg na Estação de Campanhã

O Museu Nacional da Imprensa (MNI) assinala o Dia Internacional dos Museus com uma iniciativa especial na Estação de Campanhã. Qualquer visitante poderá imprimir uma gravura de Gutenberg, entre as 10,30 h e as 19 h, no dia 18 de Maio.

Para a concretização desta experiência, o Museu desloca para a estação ferroviária um prelo representativo das antigas técnicas de impressão manual.

Esta experiência integra-se na perspectiva da descentralização cultural que o Museu tem praticado desde a sua inauguração (em 1997).

Além desta iniciativa, o Museu promove oficinas tipográficas e de humor, nas suas instalações, como forma de assinalar o Dia Internacional, este ano subordinado ao tema 'Museus e Memória'.


TOPO ^



 

 

Diálogo intercultural: humor europeu
no Instituto Politécnico de Setúbal

A partir do dia 3 de Maio, os Claustros do Instituto Politécnico de Setúbal vão apresentar a exposição europeia de cartoon "Diálogo Intercultural", organizada pelo Museu Nacional da Imprensa.

A mostra é composta por cerca de 50 desenhos, os melhores do concurso organizado no âmbito do Ano Europeu do Diálogo Intercultural e dirigido exclusivamente a cartunistas europeus. Os desenhos que integram a exposição foram enviados por artistas de 23 países europeus, tão diversos como Alemanha, Azerbaijão, Bulgária, Espanha, Finlândia, Itália, Inglaterra, Holanda, Polónia e Rússia, entre muitos outros.

Este concurso internacional iniciou-se em 2007, com o tema "desigualdades, discriminações e preconceitos" e enquadra-se na linha de trabalhos que o Museu da Imprensa tem vindo a desenvolver no âmbito do humor gráfico, cuja expressão mais evidente é o PortoCartoon-World Festival. Esta iniciativa é considerada pela Federação Internacional de Cartunistas (FECO) um dos três principais certames de desenho humorístico do mundo.

O catálogo relativo ao "Diálogo Intercultural" está disponível através da loja virtual patente no sítio oficial no Museu (www.museudaimprensa.pt). Reúne os 134 trabalhos premiados